Gaudium news > Nigéria: polícia detém cinco suspeitos de ataque terrorista à igreja

Nigéria: polícia detém cinco suspeitos de ataque terrorista à igreja

A polícia da Nigéria deteve cinco suspeitos do ataque terrorista que resultou na morte de 40 pessoas na igreja católica de São Francisco, no passado mês de junho

A situação atual no país decorre de uma cultura que desvalorizou o cristianismo e onde a Fé não mais importa.

Redação (10/08/2022 12:45, Gaudium Press) As autoridades policiais da Nigéria confirmaram a detenção de cinco suspeitos do ataque a uma igreja no início de junho.

A igreja de São Francisco, em Ondo, na Nigéria, foi atacada durante a celebração da Missa de Pentecostes resultando na morte de 40 pessoas e 61 feridos.

As autoridades suspeitam que o crime tenha sido perpetrado pelo grupo terrorista Estado islâmico da província da África do Oeste (ISWAP, na sigla em inglês).

ISWAP, grupo terrorista

O ISWAP é uma facção do grupo radical islâmico Boko Haram, responsável por ataques terroristas e por sequestros de meninos e meninas na Nigéria.

No passado mês de julho o ISWAP atacou um centro de detenção de Abuja, facilitando a fuga de 400 prisioneiros.

O grupo terrorista reivindicou também vários ataques terroristas de menor impacto nos últimos meses.

Operação conjunta para deter os criminosos

A detenção dos suspeitos foi anunciada pelo Chefe do Estado-Maior da Defesa do país africano, Leo Irabor.

No comunicado oficial, Irabor explicou que a prisão dos suspeitos foi resultado de um trabalho conjunto entre o exército, o serviço de segurança e a polícia.

Os suspeitos seguem em anonimato

Contudo, ele não deu os detalhes sobre a prisão e explicou que os suspeitos vão seguir em anonimato pois algumas investigações ainda estão em andamento:

“Gostaria de dizer que, no devido tempo, o mundo os verá bem como outros responsáveis por outros ataques cruéis ​​no país”, disse ele.

 O governador do estado de Ondo confirmou que uma pessoa também foi detida por ter hospedado os suspeitos antes do ataque.

Clima de insegurança e violência na Nigéria

A Nigéria sofre um clima de insegurança e violência por causa dos ataques de bandidos e muçulmanos radicais.

Desde 2009 o grupo Boko Haram faz ataques e sequestros pelo país. Mais recentemente, em 2015, o ISWAP também é responsável por cenas de terror e violência.

Acredita-se que os dois grupos jihadistas já mataram mais de 35 mil pessoas e provocaram o deslocamento de mais de 2 milhões de pessoas na Nigéria e em países vizinhos como Camarões, Chade e Níger. (FM)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas