Gaudium news > Igreja no Líbano retorna gradualmente às Missas públicas

Igreja no Líbano retorna gradualmente às Missas públicas

Os fiéis católicos do país puderam voltar à participar fisicamente das celebrações públicas dominicais, desde que sigam determinadas normas.

Líbano – Beirute (13/05/2020 10:00, Gaudium Press) As autoridades do Líbano começaram o processo gradual de retorno à normalidade dois meses após o início das políticas de isolamento por conta do coronavírus, Covid-19. Por este motivo, os fiéis católicos puderam retornar, com restrições, às Missas públicas no domingo 10 de maio.

Os fiéis receberam aspersão de desinfetante e tiveram que medir sua temperatura antes de entrar nos templos, dentro dos quais eram orientados para manter uma distância determinada entre si. As Missas públicas serão permitidas inicialmente aos domingos e sextas-feiras.

Crise econômica e a ajuda da Igreja Católica

Em meio a uma situação de crise econômica desde antes da contingência ocasionada pela pandemia, o Líbano enfrenta uma grave problemática social. No dia 06 de maio, o Patriarca católico maronita, Cardeal Bechara Boutros Rai, anunciou uma iniciativa caritativa em favor dos mais necessitados.

O purpurado indicou que o objetivo é beneficiar a “cada família que sofre por falta de pão”. Desta forma, se evitará que “caiam presas da fome, do desespero e da morte”. Em meio a uma situação de crise econômica desde antes da contingência ocasionada pela pandemia, a Igreja está trabalhando duro.

Números do coronavírus no Líbano

Com o maior número de cristãos no Oriente Médio, Líbano conta com cerca de 1,2 milhões de católicos. O país manteve as políticas de isolamento enquanto registrou um total de 809 contagiados e 26 mortes atribuídas ao coronavírus. Não existe registro anterior de proibição de Missas públicas, inclusive durante a guerra civil de 1975 a 1990. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas