Gaudium news > Vereador que invadiu Igreja tem mandato cassado em Curitiba

Vereador que invadiu Igreja tem mandato cassado em Curitiba

Renato Freitas (PT) teve o mandato cassado pela participação em uma manifestação na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no dia 5 de fevereiro.

(Foto: Reprodução Redes Sociais).

Curitiba – Paraná (22/06/2022 15:15, Gaudium Press) O vereador Renato Freitas (PT) teve o mandato cassado pela Câmara Municipal de Curitiba, acusado de quebra de decoro parlamentar pela participação em uma manifestação na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no dia 5 de fevereiro.

25 votos a sete

A decisão pela cassação do mandato do vereador ocorreu após votação que terminou por 25 votos a sete e duas abstenções. Para que o político de esquerda fosse cassado, eram necessários os votos de ao menos 20 dos 38 vereadores.

Igreja invadida por manifestantes

A manifestação na qual Freitas participou era em em repúdio ao assassinato do congolês Moïse Kabagambe e de Durval Teófilo Filho. Ao término do ato, os manifestantes, incluindo o vereador, ingressaram no templo católico, onde estava sendo rezada uma Missa.

Perturbação da prática de culto religioso

Segundo o Conselho de Ética, o parlamentar praticou “perturbação da prática de culto religioso” ao entrar sem autorização na igreja e realizar um ato político no interior da mesma. O vereador se justificou dizendo que a manifestação era pacífica e que não liderou o ato. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas