Gaudium news > Verdadeiro heroísmo

Verdadeiro heroísmo

Ter a força de alma para aguentar as decepções, calúnias, frustrações, enfim, tudo quanto o homem pode sofrer na vida, é um verdadeiro heroísmo. São Pio V foi um herói em meio às angústias! 

Redação (30/04/2022 19:51, Gaudium Press) O heroísmo não é apenas o ato pelo qual o homem enfrenta o risco de perder a vida ou a integridade física. Mas é a atitude pela qual o homem enfrenta qualquer grande dor ou grande infortúnio. Isso caracteriza o herói. Há dores morais e dores físicas. E muitas vezes as dores morais atormentam incomparavelmente mais, sendo mais difícil enfrentá-las do que as dores físicas.

Nossa Senhora, embora não tenha derramado o próprio sangue, foi atravessada pelo gládio da dor moral aos pés da Cruz de seu Filho, a ponto de a Igreja aclamá-La como Rainha dos Mártires.

Ao longo dos séculos, ninguém sofreu como Ela. Pois bem, o autêntico heroísmo consiste em suportar com firmeza as decepções, dificuldades e toda sorte de males.

Desse espírito participou São Pio V, não só por sua força de alma, capaz de dobrar as mais persistentes resistências, mas, sobretudo, pela disposição heroica de tudo enfrentar e sofrer. Especialmente quando se viu chamado a combater os fatores de desagregação da Cristandade, a heresia borbulhante em plena expansão e o grande poderio turco. Com fé em sua Senhora, tudo enfrentou e tudo venceu, dando a Ela a glória de ser reconhecida pelos católicos enquanto Rainha das Vitórias.

São Pio V acrescentou na Ladainha de Nossa Senhora a invocação Auxilium Christianorum, em agradecimento pela vitória de Lepanto.

Mons João Scognamiglio Clá Dias, EP.

 

Texto extraído, com adaptações, do livro Maria Santíssima! O Paraíso de Deus revelado aos homens.

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas