Gaudium news > Ucrânia: sacerdotes pedem ajuda e orações

Ucrânia: sacerdotes pedem ajuda e orações

Dois sacerdotes na Ucrânia pedem apoio aos líderes da igreja ocidental, diante da expectativa de uma invasão russa.   

Redação (16/01/2022 15:47, Gaudium Press) “Enquanto nossos noticiários de TV mostram tanques e unidades do exército posicionados em nossas fronteiras, a guerra no leste da Ucrânia continua e a igreja no Ocidente comenta pouco sobre isso”, ressaltou Mons. Gregory Semenkov, chanceler da Diocese de Kharkiv-Zaporizhia.

“Como fiéis católicos, não temos nada contra os russos e celebramos missas regulares em russo. Nossa conferência de bispos, não sendo política, nunca tomou posição com relação à Ucrânia se juntar à OTAN ou à União Europeia. Mas esses preparativos para a invasão representam sério perigo para nós.”

O sacerdote deu uma entrevista ao Catholic News Service em 14 de janeiro, quando as negociações entre a Otan e as autoridades russas, as primeiras em dois anos, não conseguiram chegar a um acordo sobre as exigências de Moscou para pôr um fim ao apoio militar ocidental a países que antes pertenciam à União Soviética. Mons. Semenkov disse que a maioria dos católicos acredita que uma “grande demonstração de força russa” era esperada após o fracasso das negociações Leste-Oeste.

Os católicos da Ucrânia estão apreensivos, pois não sabem como as forças russas irão tratar a Igreja. Contudo, há um acordo em que sacerdotes e religiosas podem decidir sair ou ficar no caso de uma “agressão militar”.

Pe. Roman Krat, vigário judicial da Diocese de Odessa-Simferopol, na Ucrânia, acredita que uma invasão é provável, dada a conclusão do gasoduto Nord Stream 2, de 1.200 quilômetros, da Rússia para a Europa.

“Putin sabe que alguns países ocidentais já dependem completamente do gás russo e escolheriam ter as casas aquecidas em vez de se preocuparem com a Ucrânia. A Rússia também enfrenta problemas econômicos e sociais internos e Putin precisa desviar a atenção da opinião pública para mostrar que a Rússia é forte e vitoriosa sob sua liderança”.

O padre Krat também disse que várias paróquias católicas estariam no caminho de um ataque russo.

Há uma ameaça real em um diferente nível militar, por isso estamos buscando orações pela paz, bem como ajuda material e apoio”.

Com informações Ucanews.

 

 

 

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas