Gaudium news > Três sacerdotes católicos são sequestrados na Nigéria

Três sacerdotes católicos são sequestrados na Nigéria

Recentemente, por volta de 700 sacerdotes católicos protestaram pedindo mais segurança para os religiosos no país.

Foto: Divulgação.

Redação (04/07/2022 10:08, Gaudium Press) Três sacerdotes católicos foram sequestrados esta semana na Nigéria. O caso mais recente é o do Padre Emmanuel Silas, da Paróquia de São Carlos, na Zambina, sequestrado na madrugada desta segunda-feira, 4 de julho.

Sacerdotes sequestrados

O Chanceler da Diocese de Kafanchan, Padre Okolo, confirmou este sequestro e exortou aos católicos para que rezem pela libertação imediata do sacerdote sequestrado e garantiu que a comunidade católica usará todos os meios legais disponíveis para garantir sua libertação.

Os outros dois sacerdotes católicos sequestrados são os Padres: Peter Udo, da Paróquia de São Patrício, Uromi, e Philemon Oboh, do Centro de Retiros St. Joseph, Ugboha, na área do governo local de Esan, Estado de Edo, sul da Nigéria. Estes dois foram levados juntos por terroristas fortemente armados.

Sequestros e mortes na Nigéria

Recentemente vários padres católicos foram assassinados na Nigéria por terroristas. Os últimos sacerdotes que perderam a vida na Nigéria foram: o Padre Vitus Borogo, o Padre Christopher Odia Ogedegbe e o Padre Vitus Borogo. No funeral deste último, cerca de 700 sacerdotes protestaram pedindo mais segurança no país.

Atualmente, inúmeras quadrilhas de criminosos estão cometendo sequestros em diversas cidades da Nigéria em busca de resgates. Dentre os alvos destes bandidos estão sacerdotes, religiosos, políticos, empresários e inclusive crianças que sejam filhas de famílias abastadas. O intuito na maioria desses crimes é a obtenção de altas quantias financeiras. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas