Gaudium news > Tratado sobre o Sacerdócio de São João de Ávila é traduzido para o russo

Tratado sobre o Sacerdócio de São João de Ávila é traduzido para o russo

O Tratado sobre o Sacerdócio de São João de Ávila é um compêndio teológico e bíblico que o santo espanhol escreveu entre os anos 1561 e 1563.

Espanha – Motilla (05/06/2020 12:00, Gaudium Press) A propósito do Ano Jubilar de São João de Ávila, encerrado em Montilla, Espanha, no dia 31 de maio, e que ocorreu por ocasião dos 450 anos da morte do santo, bem como pelos 125 anos de sua beatificação e pelos 50 anos de sua Canonização, recentemente se traduziu para o russo o Tratado do Sacerdócio de São João de Ávila.

O Bispo da Diocese de Córdoba, Dom Demetrio Fernández, destacou no final do período jubilar, que o legado do santo padroeiro do clero secular espanhol é um tesouro que circula pelo mundo.

Resumo teológico sobre o sacerdócio

O Tratado sobre o Sacerdócio de São João de Ávila é um compêndio teológico e bíblico que o santo espanhol escreveu entre os anos 1561 e 1563. Está dividido em duas partes: na primeira, se expõem o que é a doutrina sacerdotal a partir da natureza do ministério e a santificação do ministro.

Na segunda, o Mestre de Ávila fala da prática pastoral e descreve como é a realidade da vida sacerdotal. Além disso, faz um chamado à uma renovação sacerdotal que livre o presbítero das desordens em seu ministério.

Relíquia peregrinará pela Rússia

Além do tratado, a Rússia também terá a graça de receber em breve a peregrinação da relíquia do padroeiro dos sacerdotes.

A comunidade católica em Khabarovsk, igualmente se uniu aos festejos do Ano Jubilar, inaugurando um altar com uma relíquia do Santo, assim como um ícone que o representa.

O Padre José Luis López, do Instituto do Verbo Encarnado, foi quem recebeu esta relíquia, a qual foi confiada ao presbítero pelo Bispo de Córdoba. Tanto a relíquia, que se espera que logo possa começar a peregrinar, como o Tratado traduzido, darão muitos frutos neste país.

A esse respeito, o sacerdote referiu que “São João de Ávila continua sendo desde o céu um incansável missionário e formador de sacerdotes que agora, com seus escritos, chega às terras russas, onde sem dúvida fará muito bem àqueles que o conheçam e leiam”.

Santo Universal

Dom Demétrio Fernández, ao encerrar o jubileu em Montilla, também disse que São João de Ávila “é um Santo universal e cada vez mais conhecido. Oxalá seja cada vez mais lido e que seus costumes e ensinamentos, deixados como um tesouro para a Igreja, sejam apreciados”.

Uma joia de santidade que em breve, a partir da Diocese de Córdoba, começará uma peregrinação com um relicário do Santo na América do Sul, Estados Unidos, Filipinas, Itália, e outros países.

“Os santos levam consigo pessoas ao redor deles como um redemoinho de santidade e são modelos para os cristãos de hoje e de sempre; este é o caso de São João de Ávila”, destacou o Bispo de Córdoba. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas