Gaudium news > “Terei muitas saudades disso aqui”, diz Núncio Apostólico em sua despedida do Brasil

“Terei muitas saudades disso aqui”, diz Núncio Apostólico em sua despedida do Brasil

Dom Giovanni D’Aniello ressaltou que, junto com suas malas, carregará consigo muitas satisfações, alegrias e agradecimentos pelas missões que cumpriu no território brasileiro.

São Paulo – Aparecida (23/07/2020 15:00, Gaudium Press) Na manhã desta quinta-feira, 23, o núncio apostólico no Brasil, Dom Giovanni D’Aniello, presidiu uma das Santas Missas que marcam sua despedida do país.

A cerimônia, que ocorreu no Santuário Nacional de Aparecida, contou com a concelebração do Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes; do Cardeal e Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer; e de mais 17 bispos brasileiros.

Entregar sua missão aos pés de Nossa Senhora

Em sua homilia, Dom Giovanni D’Aniello ressaltou que, junto com suas malas, carregará consigo muitas satisfações, alegrias e agradecimentos pelas missões que cumpriu no território brasileiro.

O prelado confessou que foi desejo seu celebrar no Santuário Nacional de Aparecida antes de partir para sua nova missão. Recordando que este templo mariano foi seu primeiro destino quando retornou ao Brasil, após 15 anos fora. “Foi uma oportunidade de ir aos pés de Nossa Senhora e entregar minha missão. Agora, não posso deixar o Brasil sem dizer: obrigado!”.

Esta foi a forma que o núncio encontrou para agradecer as oportunidades que teve no Brasil. “Como me entreguei nos braços de Maria quando cheguei aqui, também quero fazer isso. Entrego-me nas mãos de Deus, pedindo que elas façam comigo o que fizeram com Jesus, que me conduzam. (…) Peço vossas orações para que isso possa ser possível e asseguro as minhas também. O coração do Núncio é elástico, sempre estarão em meu coração!”, ressaltou.

Unidade do episcopado brasileiro

Em todos os estados por onde passou, Dom Giovanni testemunhou a unidade do episcopado brasileiro. Ter vivido esta unidade e proximidade com o povo brasileiro sem dúvida o impulsiona e impulsionará a continuar sendo testemunha da presença de Deus.

“Tive a alegria de experimentar tantas coisas bonitas e o que mais vou levar comigo é a presença de uma Igreja viva. Apesar das dificuldades e limites, uma Igreja que se coloca disponível aos irmãos”, salientou.

O Bispo italiano que no início deste mês, foi nomeado pelo Papa Francisco como novo Núncio Apostólico na Rússia, comentou que terá “muitas saudades disso aqui. Vou para uma realidade completamente diferente”.

Compreender o desígnio de Deus

Segundo o núncio, compreender o desígnio de Deus só é possível quando homens e mulheres estão próximos d’Ele. “Quanto mais centrados n’Ele, mais compreenderemos o que Ele quer, saberemos testemunhá-lo e fazê-Lo presente no meio do povo”, pois Nosso Senhor Jesus Cristo afirmou que o coração precisa estar em sintonia com Deus, sendo a oração, a meditação e a entrega total à vontade de Deus os principais caminhos.

Na manhã de hoje (23), Dom Giovanni d’Aniello, Núncio Apostólico para o Brasil, celebrou a missa em Ação de Graças pela…

Publicado por Santuário Nacional de Aparecida em Quinta-feira, 23 de julho de 2020

Dom Giovanni encerrou sua homilia assegurando que a distância física não é a espiritual e agradecendo por todo o período que passou aqui no Brasil. “Tem uma expressão que aprendi quando cheguei aqui há 15 anos: Não mereço, mas agradeço!”, concluiu. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas