Gaudium news > Templo satânico oferece aborto gratuito como prêmio de rifa

Templo satânico oferece aborto gratuito como prêmio de rifa

“O assassinato violento de um ser humano indefeso está sendo oferecido como um ‘grande prêmio’”, lamenta Michael Robinson, Diretor de Comunicações da Sociedade para a proteção de crianças não nascidas.

Estados Unidos – Washington (12/08/2020 15:00, Gaudium Press) Um templo satânico nos Estados Unidos está promovendo uma rifa cujo “grande prêmio” será um aborto totalmente gratuito. É o que denuncia o site da ‘Society for the Protection of Unborn Children’ – SPUC (Sociedade para a proteção de crianças não nascidas).

“O assassinato violento de um ser humano indefeso está sendo oferecido como um ‘grande prêmio’”, lamenta Michael Robinson, Diretor de Comunicações da SPUC.

Arrecadação de fundos para defender o direito de matar crianças durante a gestação

O intuito da iniciativa da entidade satânica, que instrui seus membros a “agirem com compaixão e empatia para com todas as criaturas”, é o de arrecadar cerca de 100 mil dólares para um fundo que servirá para defender o ‘direito’ de matar crianças durante a gestação através da prática do aborto.

De acordo com o anúncio, para participar do sorteio é necessário realizar uma doação mínima de 200 dólares. O vencedor da rifa terá como prêmio o pagamento das despesas médicas para a interrupção da gravidez em até 2.500 dólares. A premiação pode ser transferida para qualquer pessoa.

A destruição de uma vida através do aborto

“O custo de um aborto pode variar de acordo com o estado. No entanto, o prêmio oferecido pelo Templo Satânico cobriria o valor de um aborto de uma gestação de seis meses, que poderia despedaçar o corpo do feto com uma pinça. Apresentar a destruição de uma vida humana como um ‘grande prêmio’ seria um comportamento incompreensível e repulsivo, vindo de qualquer outro grupo”, explica Robinson.

O Diretor de Comunicações da SPUC destaca que ao mesmo tempo em que o Templo Satânico defende, como um dos seus principais princípios de crença, a “compaixão e empatia para com todas as criaturas”, promove a matança de crianças não nascidas.

O aborto como ritual do Templo Satânico

A rifa e sua premiação seguem as recentes afirmações do templo satânico, para o qual o aborto faz parte de um “ritual religioso”. Sobre este ponto, Michael Robinson comenta que “transformar o aborto em um ritual religioso é perverso ao extremo, pois qualquer mulher nas garras do templo satânico precisaria de aconselhamento para superar os efeitos de fazer parte deste culto”. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas