Gaudium news > São Pedro de Alcântara: o Santo espanhol proclamado padroeiro do Brasil

São Pedro de Alcântara: o Santo espanhol proclamado padroeiro do Brasil

Em 1826, o Papa Leão XII, atendendo um pedido de Dom Pedro I proclamou São Pedro de Alcântara padroeiro do Brasil.

Redação (19/10/2020 15:00, Gaudium Press) Poucos sabem, mas Nossa Senhora Aparecida não é a única padroeira do Brasil e nem mesmo foi a primeira, cronologicamente falando. Antes dessa invocação mariana ser proclamada como patrona da nossa nação, outro Santo já havia conquistado este título: São Pedro de Alcântara, cuja memória litúrgica é recordada neste dia 19 de outubro.

Nascido no ano de 1499, na cidade espanhola de Alcântara, Pedro tinha o costume de desde a mais tenra idade ter uma vida de oração. Durante seus estudos na Universidade de Salamanca descobriu sua vocação e decidiu entrar para a Ordem dos Franciscanos, apesar de seu pai desejar que ele se tornasse advogado.

Exemplo e modelo de santidade

Ordenado sacerdote tornou-se superior de vários conventos, onde sempre era visto como modelo de vida de oração, jejum, desapego dos bens materiais e penitência, seguindo as normas da comunidade.

Com o objetivo de oferecer aos religiosos a oportunidade de viver mais a mortificação, oração e meditação, São Pedro de Alcântara fundou o ramo franciscano de “estrita observância” ou “Alcantarinos”. O Santo faleceu no ano de 1562, aos 63 anos de idade.

Padroeiro do Brasil

São Pedro de Alcântara também foi confessor do Rei Dom João III, de Portugal, e por este motivo se tornou, mais tarde, o santo de devoção da Família Real, que escolheu seu nome para os dois imperadores do Brasil – Dom Pedro I e Dom Pedro II. Em 1826, o Papa Leão XII, atendendo um pedido de Dom Pedro I proclamou São Pedro de Alcântara padroeiro do Brasil. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas