Gaudium news > Rosto de Santa Ludmila é reconstruído mil anos depois de seu martírio

Rosto de Santa Ludmila é reconstruído mil anos depois de seu martírio

A reconstrução facial de Santa Ludmila, realizada pelo designer brasileiro Cícero Moraes, foi revelada no Palácio do Arquidiocesano de Praga.

República Tcheca – Praga (23/09/2021 15:44, Gaudium Press) O designer brasileiro Cícero Moraes, foi convidado para reconstruir o rosto de Santa Ludmila, martirizada há 1.100 anos, por ocasião de sua festa, celebrada no dia 18 de setembro na cidade de Tetin, proximidades de Praga.

Responsável pelo projeto já realizou 70 reconstruções faciais

Moraes já trabalhou em mais de 70 reconstruções faciais, incluindo 15 Santos e Beatos, como Santo Antônio de Pádua, Santa Rosa de Lima, São Valentim, Santa Paulina, São Teobaldo de Provins, Santa Catarina de Gênova.

O projeto de reconstrução facial de Santa Ludmila foi idealizado pelo geofisico tcheco Jiří Šindelář, pela Arquidiocese de Praga, pelo Gabinete do Presidente da República e pelos Cavaleiros de São Lázaro de Jerusalém.

Coleta de dados para a realização da reconstrução facial de Santa Ludmila

Para conseguir os dados do crânio da Santa, foi realizada uma tomografia no relicário onde o mesmo se encontra. Além disso, também foram utilizadas técnicas digitais na qual se extraiu a região de interesse. Para reconstruir o crânio, que conta apenas com sua parte superior, o brasileiro recebeu dados do antropólogo Emanuel Vlček que estudou os restos mortais da santa.

Com os dados em mãos, Cícero Moraes seguiu o seu projeto, aplicando a metodologia tradicional neste tipo de reconstrução, colocando os músculos principais na face, alguns marcadores estatísticos dos limites da pele e projeções do nariz e dos lábios. No dia 16 de setembro a reconstrução facial de Santa Ludmila foi revelada no Palácio do Arquidiocesano de Praga. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas