Gaudium news > Remédio infalível contra a depressão

Remédio infalível contra a depressão

Um medicamento de extraordinária eficácia, sem efeitos colaterais, de uso adulto e pediátrico, e totalmente grátis, está à sua disposição.

Redação (10:00 , Gaudium Press) Há certas emoções e sentimentos humanos que são causadores de estados físicos em nosso organismo. Assim, existe o estado físico próprio à vaidade, ao medo, à coragem, etc. Isso devido à estreita relação entre alma e corpo. E existe também o estado físico causado pelo maravilhoso. [1]

Ora, nos tratamentos antidepressivos, são utilizados medicamentos à base de serotonina, a qual é responsável pela sensação de alegria[2]. E também no estado de maravilhamento, o organismo ativa a produção de serotonina.[3] Assim, esta “experiência com o maravilhoso” conduz aos mesmos resultados de um tratamento convencional, entretanto, sem acarretar os efeitos colaterais próprios à ingestão de antidepressivos. Isto, todavia, não significa que tais medicamentos possam ser dispensados absolutamente. No entanto, o acréscimo deste estado físico acelerará, em muito, a obtenção da cura.

Deste modo, a contemplação de belos panoramas, a audição de harmoniosas canções, o encanto pelas virtudes alheias, enfim, a admiração por aquilo que é belo, bom e verdadeiro são excelentes ocasiões para um benefício físico incomparável. E, se bem aproveitadas, podem constituir uma verdadeira terapia: a “maravilho-terapia”.

Porém, cuidado! Uma precaução é necessária: aquilo que o homem admira, aquilo ele será![4] Por isso, examine bem qual o objeto desta admiração, e o que está lhe produzindo maravilhamento. Procure sempre ocasiões para se enlevar com coisas dignas, nobres e santas, caso contrário, você poderá estar se transformando na baixeza que admira.

Feita esta ressalva, não hesite mais! E se você não confia inteiramente na eficácia deste tratamento, ao menos a experimente. A oferta está lançada, não perca essa oportunidade.

Por Thiago Resende Barbosa


[1] Esta tese está magistralmente defendida em: CLÁ DIAS, João Scognamiglio. A Fidelidade ao primeiro olhar: um périplo, da apreensão do ser até a contemplação do Absoluto. Trabalho de graduação (Humanidades). São Paulo: PUCMM. Faculdade de Ciências e Humanidades, 2007, p. 119-120. Por isso, contentamo-nos, neste artigo, em apresentar de forma resumida este tema que poderá ser de grande importância para os leitores.

[2] “Substância (C10 H12 N2 O) encontrada nos tecidos e fluidos dos vertebrados e invertebrados, com propriedades similares à que possuem as drogas alucinógenas”. SEROTONINA. In.: HOUAISS, Antônio; SALLES VILLAR, Mauro de; MELLO FRANCO, Francisco Manoel de. Grande Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. São Paulo: Editora Objetiva, 2001, p. 2556.

[3] E também de endomorfina, isto é: “Qualquer peptídeo de um grupo de proteínas de grande poder analgésico que estão presentes em estado natural no cérebro”. ENDOMORFINA. In: HOUAISS, Antônio; SALLES VILLAR, Mauro de; MELLO FRANCO, Francisco Manoel de. Grande Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. São Paulo: Editora Objetiva, 2001, p. 1141.

[4]Cf. CORRÊA DE OLIVEIRA, Plinio. Admiração, amor e enlevo. São Paulo, 26 jun. 1971. Conferência. (Arquivo ITTA-IFAT).

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas