Gaudium news > Relator-geral do próximo Sínodo dos Bispos é nomeado pelo Papa

Relator-geral do próximo Sínodo dos Bispos é nomeado pelo Papa

O Cardeal Jean-Claude Hollerich, S.I, Arcebispo de Luxemburgo, foi o escolhido para exercer a função na próxima assembleia sinodal.

Cidade do Vaticano (08/07/2021 09:33, Gaudium Press) A Santa Sé divulgou na manhã desta quinta-feira, 8, o nome do novo relator-geral da XVI Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos nomeado pelo Papa Francisco.

O Cardeal Jean-Claude Hollerich, S.I, Arcebispo de Luxemburgo, foi o escolhido para exercer a função na próxima assembleia sinodal, que terá como tema “Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”.

Este será o primeiro Sínodo descentralizado, que ocorrerá também nas Dioceses em todo o mundo. Com início previsto para outubro, o caminho sinodal terá três anos de duração, sendo articulado em três fases: diocesana, continental e universal. A conclusão do Sínodo está programada para ocorrer em outubro de 2023 em Roma.

Quais as funções do relator-geral?

Uma das principais funções do relator-geral, é a apresentação de um relatório, enviado previamente ao Secretário Geral. A exposição, feita logo no início da assembleia sinodal, indica o assunto que será tratado, o Documento de Trabalho e os pontos de discussão.

Ao longo dos trabalhos da assembleia, o relator-geral preside a preparação do Documento Final, que será submetido à aprovação dos padres sinodais, e o apresenta à Congregação Geral.

Além disso, o relator-geral também pode realizar outras comunicações ao longo da reunião, para sintetizar temas e esclarecer alguns pontos, além de ilustrar o andamento da elaboração do Documento Final.

Breve Biografia do Cardeal Jean-Claude Hollerich

Nascido no dia 9 de agosto de 1958 em Differdange, Luxemburgo, Jean-Claude Hollerich ingressou na Companhia de Jesus em 1981, sendo ordenado sacerdote em 1990. Em 12 de julho de 2011 foi nomeado pelo Papa Bento XVI como Arcebispo de Luxemburgo, sendo ordenado Bispo em outubro do mesmo ano.

No ano de 2018 foi convidado a presidir a Comece e, em 1º de setembro de 2019, o Papa Francisco anunciou a sua criação como Cardeal no Consistório de 5 de outubro, tornando-se, assim, o primeiro Cardeal com origens em Luxemburgo. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas