Gaudium news > Província Carmelitana de Santo Elias celebra seus 300 anos

Província Carmelitana de Santo Elias celebra seus 300 anos

Celebração realizada na Basílica do Carmo, em São Paulo, contou com a colaboração musical dos Arautos do Evangelho.

São Paulo (22/07/2020 10:00, Gaudium Press) A Basílica do Carmo, localizada no bairro do Alto da Bela Vista (SP), celebrou solenemente, no dia 16 de julho, Festa da sua padroeira Nossa Senhora do Carmo, os 300 anos da Província Carmelitana de Santo Elias.

A celebração das 19h30 foi presidida pelo pároco, Frei Thiago Borges, e concelebrada pelo Padre José Luiz Zayas EP e pelos Diáconos Carmelitas, Frei André Bezerra e Frei William Pereira Barboza. Centenas de fiéis acompanharam a cerimônia através das redes sociais.

Novenário dedicado a Nossa Senhora do Carmo

Precedida por uma novena à Nossa Senhora do Carmo, a Santa Missa contou com a participação de numerosos devotos que, seguindo as orientações de segurança aconselhadas pelos órgãos de saúde e pela Arquidiocese de São Paulo, se reuniram no templo para acompanhar de perto esse momento.

“Mesmo em tempos de pandemia, conseguimos celebrar os nove dias da Novena do Carmo, o que foi um Kairós e ocasião de muita alegria e graças para toda a comunidade Carmelitana”, afirmou o pároco.

Nossa Senhora foi e é o modelo de discípulo de Cristo

“Celebrar a solenidade de Nossa Senhora do Carmo é contemplar diante dos olhos a serva do Senhor. Aquela que não mediu esforços em colocar-se à disposição de Deus para servir a humanidade, dando à luz ao Salvador”, afirmou o Padre Thiago Borges durante sua homilia.

Sublinhando o papel de Nossa Senhora na história da Salvação, o carmelita explicou que “desde o princípio [Ela] colocou-se a serviço, foi e é o modelo de discípulo de Cristo. Hoje, em meio aos desafios oriundos da pandemia do coronavírus, a Virgem Santíssima continua ensinando-nos a entregarmos-nos a Deus sem medidas. Somos interpelados a subir ao cimo do Monte Carmelo, esvaziando-nos dos nossos anseios fugazes, para enchermo-nos de Deus, e assim tocar os corações para Deus”, destacou.

Só Deus basta diante das incerteza da vida

O sacerdote ressaltou que a liturgia da festa de Nossa Senhora do Carmo renovou o ânimo dos fiéis devotos diante dos temores da quarentena. “A espiritualidade Carmelita nos ensina a crer que só Deus basta diante das incerteza da vida e, como o Profeta Elias, também saibamos esperar o tempo da chuva de bênçãos que nos fecunda para seguir o caminho até a subida do verdadeiro Monte, que é Cristo, nos passos da Virgem Mãe dos Carmelitas”, exortou.

Após o término da Santa Missa, dezenas de novos devotos da Mãe dos Carmelitas receberam a bênção e a imposição do Escapulário de Nossa Senhora do Carmo das mãos dos frades do Convento. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas