Gaudium news > Preocupar-se com a ecologia moral

Preocupar-se com a ecologia moral

“Porque não nos havemos de preocupar também com uma ecologia moral, onde o homem vive como homem e como filho de Deus?”

Redação (25/11/2021 10:30, Gaudium Press) “A pureza é muito bela. Não é um jugo, mas é uma libertação; não é um complexo de inferioridade, mas é uma distinção, uma fortaleza de espírito; não é uma fonte de ansiedade e de escrúpulos, mas é uma maturidade de critério e de autodomínio; não é ignorância de realidade da vida, mas é um conhecimento isento de qualquer contágio possível, mais lúcido e penetrante do que a opacidade própria da experiência passional e animal.

“A pureza é a condição adequada ao amor, ao verdadeiro amor, quer se trate do natural, quer do sobre-humano, dedicado unicamente ao reino dos céus.

“É necessário que nos defendamos das poderosas tentações da carne, se quisermos viver o Mistério Pascal, interna e externamente, sobretudo no coração, de onde nascem o bem e o mal de que somos capazes[1] no ambiente e à nossa volta: hoje preocupamo-nos com a ecologia, isto é, com a purificação do ambiente físico onde se desenrola a vida do homem: porque não nos havemos de preocupar também com uma ecologia moral, onde o homem vive como homem e como filho de Deus?”

Excertos de:

PAULO VI. Audiência Geral. 31 de mar. de 1971.


[1] Cf. Mt 15, 19; 2 Tim 2, 22.

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas