Gaudium news > Por que Nossa Senhora Aparecida é celebrada no dia 12 de outubro?

Por que Nossa Senhora Aparecida é celebrada no dia 12 de outubro?

As celebrações por ocasião da Padroeira do Brasil nem sempre ocorreram no dia 12 de outubro, a data só foi definida em 1956.

Redação (08/10/2021 12:38, Gaudium Press) No dia 12 de outubro a Igreja Católica celebra a Festa da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Muitos não sabem, mas esta comemoração nem sempre foi realizada nesta data.

A Festa de Nossa Senhora Aparecida foi celebrada em várias datas

Inicialmente, as comemorações em honra a Nossa Senhora Aparecida eram celebradas no dia 25 de março (Festa da Anunciação). Posteriormente a data foi transferida para o dia 8 de dezembro (Festa da Imaculada Conceição). A Festa chegou a ser celebrada no dia 11 de maio e depois no último domingo de maio.

Mais uma vez a Festa da Padroeira do Brasil foi transferida, desta vez para o dia 7 de setembro, feriado da Independência do Brasil. Entretanto, esta data acabou não dando certo, pois os católicos estavam envolvidos com as celebrações cívicas, acompanhando os desfiles militares. E na parte da tarde, os sacerdotes perceberam que tinham pouco tempo para celebrar uma Festa tão importante.

O 14º “Congresso Mariológico” será realizado pela Academia Marial de Aparecida em parceria com a Faculdade Dehoniana e terá como tema: “Maria e Eucaristia à luz do Magnificat no Ano de São José”.

Definição do dia 12 de outubro ocorreu apenas no ano de 1956

Por conta disso, em 1956 a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se reuniu para definir uma data definitiva para celebrar Nossa Senhora Aparecida. O dia escolhido foi 12 de outubro, pois este foi o dia em que se descobriu a América, é o mês do Rosário e o mês em que a imagem foi encontrada pelos pescadores.

Desde então, no dia 12 de outubro é celebrada a festa litúrgica de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil. Esta data se tornou feriado nacional no ano de 1980, quando o Papa São João Paulo II consagrou a Basílica de Aparecida, que se tornou o quarto Santuário Mariano mais visitado do mundo, capaz de abrigar até 30 mil fiéis. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas