Gaudium news > Papa reza Missa por médicos que têm lutado até a morte contra o coronavírus

Papa reza Missa por médicos que têm lutado até a morte contra o coronavírus

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 20-03-2020, Gaudium Press) Durante a Missa celebrada na Capela da Casa Santa Marta na manhã desta sexta-feira, 20 de março, o Papa Francisco pediu aos fiéis que rezem pelos médicos, enfermeiros, que para enfrentar a pandemia do coronavírus ponhem em risco suas vidas. Francisco pediu orações também para as autoridades que estão gerenciando essa crise de saúde que flagela a humanidade.

“Eles trabalham até o limite das forças; dão suas vidas para ajudar os doentes, para salvar a vida dos outros", destacou Francisco.
Atendendo pedido de orações

Mais particularmente, o Papa Francisco referia-se aos médicos e demais agentes de saúde das cidades do norte da Itália que, como se sabe, é a região onde a pandemia tem causado mais vítimas.

Durante a homilia, o Papa confidenciou aos seus ouvintes: “Ontem recebi uma mensagem de um sacerdote bergamasco, pedindo para rezar pelos médicos de Bergamo, Treviglio, Bréscia, Cremona, que estão trabalhando no limite de suas forças; eles estão dando suas próprias vidas para ajudar os doentes, para salvar a vida dos outros”, destacou Francisco, recordando o mesmo pedido de orações: “peçamos pelas autoridades; não é fácil para eles gerir esse momento, e muitas vezes sofrem com incompreensões”.

Médicos e agentes de saúde: “colunas que nos ajudam a seguir em frente”

O Pontífice sublinhou que “médicos, funcionários de hospitais, voluntários da saúde ou as autoridades, neste momento são colunas que nos ajudam a seguir em frente e nos defendem nesta crise. Rezemos por eles”.

Números

Desde o início da crise, 13 médicos morreram na Itália após serem infetados com o coronavírus.

No país, 3.405 pessoas já morreram de complicações respiratórias causadas pela infecção por COVID-19. Em apenas um dia, de quarta-feira, 18 de março, a quinta-feira, 19 de março, 427 pessoas morreram.

Oficialmente, desde o início da Pandemia, 44.035 pessoas contraíram o vírus na Itália. Atualmente 33.190 pessoas estão infetadas pelo Covid-19.

A Lombardia é a região mais flagelada pelo coronavírus e nela já houve 2.168 mortes motivadas pelo novo vírus. O governo italiano anunciou o envio de 300 médicos para as áreas mais afetadas. (JSG)

Deixe seu comentário

Noticias Relacionadas