Gaudium news > Papa Francisco inicia sua Viagem Apostólica ao Cazaquistão

Papa Francisco inicia sua Viagem Apostólica ao Cazaquistão

Ao longo dos três dias que o Papa permanecerá em Nur-Sultan, no coração da Ásia, ele participará do VII Congresso dos Líderes das Religiões Mundiais e Tradicionais.

Foto: Vatican Media.

Redação (13/09/2022 12:16, Gaudium Press) O Papa Francisco chegou ao Cazaquistão. Esta é a 38ª viagem apostólica internacional de seu pontificado. O avião com o Pontífice partiu de Roma às 7h15 (horário local) e pousou no aeroporto de Nur-Sultan, capital do país às 13h20 (horário de Roma).

O Santo Padre foi acolhido pelo Presidente da República Kassym-Jomart Tokayev. Imediatamente após a cerimônia de boas-vindas, Francisco foi até o Palácio Presidencial para uma visita de cortesia. Em seguida, se encontrou com as autoridades do país, a sociedade civil e o corpo diplomático no Salão de Concertos Qazaq.

Foto: Vatican Media.

Programação e lema da viagem do Papa ao Cazaquistão

O lema desta viagem apostólica é “Mensageiros de Paz e de Unidade”. Ao longo dos três dias que o Papa permanecerá em Nur-Sultan, no coração da Ásia, ele participará do VII Congresso dos Líderes das Religiões Mundiais e Tradicionais. Ele inclusive fará um discurso na sessão de abertura amanhã, 14, e na leitura da declaração final e conclusiva na quinta-feira, 15.

Além deste evento, o Pontífice possui algumas atividades em sua agenda, como a celebração de uma Santa Missa na Praça Expo no dia 14, e o encontro privado com os jesuítas e com a Igreja local na Catedral Mãe de Deus do Perpétuo Socorro.

Foto: Divulgação.

Logotipo desta 38ª Viagem Apostólica Internacional de Francisco

No centro do logotipo desta viagem pontifícia está uma pomba com um ramo de oliveira. Suas asas são representadas por duas mãos unidas, que simbolizam as mãos dos mensageiros da paz e da unidade. Uma das asas está marcada por um coração, representando o amor, fruto da compreensão recíproca, da cooperação e do diálogo. O ramo de oliveira é representado com uma imagem ornamental típica do Cazaquistão.

Em segundo plano, ao fundo da imagem existe um ‘shanyrak’ de cor azul claro, um elemento da casa tradicional do povo cazaque, ‘o iurte’, e, dentro, uma cruz amarela. O azul e amarelo são as cores da bandeira do Cazaquistão. Já o branco e amarelo são as cores da bandeira do Vaticano. Já o verde do galho simboliza a esperança. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas