Gaudium news > Padre Robson é inocentado pelo Superior Tribunal de Justiça

Padre Robson é inocentado pelo Superior Tribunal de Justiça

“Padre Robson, injustiçado como foi, agora absolvido, poderá finalmente continuar sua vida de evangelização, servindo à Igreja”, afirmou o advogado do sacerdote.

Goiás – Trindade (20/04/2022 14:59, Gaudium Press) Na última segunda-feira, 18, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) arquivou de forma definitiva o processo contra o Padre Robson de Oliveira, ex-reitor do santuário do Divino Pai Eterno, de Trindade (GO). O sacerdote redentorista foi acusado de participar de supostos desvios de dinheiro na época em que era presidente da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe).

Segundo Pedro Paulo de Medeiros, advogado do Padre Robson, o processo transitou em julgado, o que significa que não há mais recurso nos tribunais superiores e que o STJ confirma a decisão do Tribunal de Justiça de Goiás, que, em outubro de 2020, entendeu que o sacerdote não teria praticado crime. “Padre Robson, injustiçado como foi, agora absolvido, poderá finalmente continuar sua vida de evangelização, servindo à Igreja”, celebrou o advogado.

Operação Vendilhões

Em agosto de 2020, o Ministério Público de Goiás iniciou a ‘Operação Vendilhões’, na qual o Padre Robson era investigado suspeito de ter movimentado 2 bilhões de reais em dez anos. Na ocasião, o sacerdote foi afastado de suas funções na Afipe e segue temporariamente afastado do uso de ordens, por decreto do então Arcebispo de Goiânia (GO), Dom Washington Cruz.

Com o objetivo de preservar a boa reputação da Igreja e da própria Igreja, evitando escândalos, a Congregação do Santíssimo Redentor (Redentoristas) proibiu o Padre Robson, de forma temporária, de celebrar os sacramentos e participar de programas de rádio, TV ou internet.

O atual Arcebispo de Goiânia, Dom João Justino, explicou que o caso também está sendo investigado em um processo canônico, no qual muitas pessoas já foram ouvidas. O prelado já conversou pessoalmente com o Padre Robson e também teve acesso a alguns documentos, entretanto, as decisões serão tomadas em conjunto com a Ordem dos Redentoristas. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas