Gaudium news > Observatório Astronômico do Vaticano lança novo website

Observatório Astronômico do Vaticano lança novo website

O Observatório do Vaticano foi criado no ano de 1582, sendo um dos observatórios astronômicos ativos mais antigos do mundo.

Cidade do Vaticano (09/04/2021 09:17, Gaudium Press) Com o objetivo de mostrar ao mundo a contribuição da Igreja Católica para a ciência e a pesquisa científica, o Observatório Astronômico do Vaticano lançou um novo site (https://www.vaticanobservatory.org/) com milhares de recursos sobre fé e ciência.

Em entrevista à Catholic News Agency, o Padre jesuíta Guy Consolmagno, diretor do Observatório Vaticano, disse que o site antigo quase não era visitado. E além do site, também foi lançado um podcast com o intuito de explorar “as maravilhas do universo de Deus” através das explicações de astrônomos e especialistas.

Missão do Observatório Vaticano

O sacerdote explicou ainda que “a missão do Observatório Vaticano é mostrar ao mundo que a Igreja apoia a ciência. E embora tenhamos feito um bom trabalho no campo científico, creio que tivemos menos sucesso na hora de nos mostrar ao mundo”.

Para a elaboração do novo site, foi necessário um trabalho de mais de um ano, tendo sido iniciado no início do verão de 2020, após o recebimento de um financiamento. Com essa nova ferramenta, muitas pessoas, que nem sequer sabiam da existência do observatório, poderão conhecer esse trabalho de forma mais detalhada.

Um dos observatórios astronômicos ativos mais antigos do mundo

O Observatório do Vaticano foi criado no ano de 1582, sendo um dos observatórios astronômicos ativos mais antigos do mundo. Inicialmente ele funcionava nos telhados da igreja de Santo Inácio em Roma, posteriormente se mudou para dentro dos muros do Vaticano. A sede atual do Observatório do Vaticano está localizada nas vilas pontifícias de Castel Gandolfo, a poucos quilômetros de Roma, ao lado da residência de verão dos Papas.

O Observatório do Vaticano também possui um grupo de pesquisa na Universidade do Arizona (Estados Unidos), onde em parceria com esta instituição de ensino superior, construiu o Telescópio de Tecnologia Avançada do Vaticano no Monte Graham, que começou a operar em 1993. A mudança geográfica se deu por conta da poluição luminosa na região metropolitana de Roma. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas