Gaudium news > Núncio apostólico no Brasil visita a Arquidiocese do Rio de Janeiro

Núncio apostólico no Brasil visita a Arquidiocese do Rio de Janeiro

Esta foi a primeira vez, desde que assumiu a Nunciatura Apostólica no Brasil, que Dom Giambattista esteve no Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro (29/03/2022 13:13, Gaudium Press) O núncio apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, visitou a Arquidiocese do Rio de Janeiro entre os dias 26 e 27 de março. Esta foi a primeira vez, desde que assumiu a Nunciatura Apostólica no Brasil, que Dom Giambattista esteve no Rio de Janeiro.

Missa na Capela do Palácio Episcopal

“A primeira atitude do senhor núncio ao pisar as terras cariocas foi de celebrar a Eucaristia, iniciando sua visita em torno do altar do Senhor”, afirmou o Arcebispo metropolitano do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, durante uma celebração eucarística presidida na Capela do Palácio Episcopal São Joaquim, na Glória, na manhã do dia 26 de março.

Em sua homilia, Dom Giambattista manifestou alegria por celebrar a liturgia eucarística na Arquidiocese, agradecendo pelo carinho e comunhão que todos desejam demonstrar ao Santo Padre. Além disso, agradeceu a calorosa acolhida e as manifestações de amizade fraterna.

Agradecimento do Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro

Ao término da celebração, Dom Orani agradeceu a presença de Dom Giambattista na Arquidiocese, recordando que ele levou em frente a sua missão mesmo com os obstáculos impostos pela pandemia de Covid-19, tendo que participar de reuniões e eventos através da internet.

O purpurado ressaltou que agora, com a diminuição dos casos pandêmicos, o núncio “terá a oportunidade de conhecer a vitalidade da Igreja no Brasil com toda a diversidade que existe. O Rio de Janeiro é um resumo dessa diversidade nacional, pois existem várias realidades numa mesma cidade, que tem uma linda tradição cultural e histórica, por ter sido a capital do país. Fala-se muito em Cidade Maravilhosa, com a beleza do mar, da floresta e do espaço urbano, mas a beleza também está no seu povo, que é acolhedor, que vive sua Fé e que busca o Senhor”.

Visitas pela Arquidiocese do Rio de Janeiro

Após a Santa Missa, Dom Giambattista se reuniu, na sede da Arquidiocese do Rio de Janeiro, na Glória, com todos os Bispos das Dioceses das Províncias Eclesiásticas do Rio de Janeiro e de Niterói, que integram o Regional Leste 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Na parte da tarde, Dom Giambattista visitou: a sede da Congregação das Religiosas de Nossa Senhora de Belém, no Pechincha, em Jacarepaguá; o Santuário Cristo Redentor, onde foi recebido pelo reitor, Padre Omar Raposo; e a Basílica Santuário Nossa Senhora da Penha, na zona norte da cidade, sendo recebido pelo reitor, padre Thiago Sardinha de Jesus.

Santa Missa na Catedral de São Sebastião

Na manhã do domingo, 27, Dom Giambattista presidiu uma Santa Missa na Catedral de São Sebastião. Ali ele foi acolhido pelos Bispos, Cabido Metropolitano, sacerdotes e diáconos. Em sua homilia, o purpurado manifestou seu desejo de “que a Santíssima Virgem Maria, nossa Mãe, nos ajude a encontrar todos os dias o caminho para seu Filho Jesus Cristo, e que este tempo de Quaresma seja um Kairós, um momento de graça para dirigir nosso caminho para Deus nosso Pai, para viver a festa da graça e do amor de Deus”.

Ao término da celebração, Dom Orani agradeceu a visita do núncio e disse que a Arquidiocese do Rio de Janeiro procura “ser uma presença nesta grande cidade com todos os seus desafios. São mais de 7 milhões de habitantes, sendo que 60% são católicos. Transmita ao Santo Padre, quando estiver com ele, nosso carinho, oração, comunhão e unidade. Sua oração e confirmação é importante, por isso, reze por nós”.

Agradecimento e despedida

Dom Giambattista manifestou sua alegria pela visita na Arquidiocese do Rio de Janeiro dizendo que “a visita ao Rio de Janeiro foi uma oportunidade extraordinária de conhecimento e de familiaridade com a Igreja, uma graça que me foi concedida da parte de Deus. Uma oportunidade para viver com mais entusiasmo, coragem e a força da graça de Deus o nosso sacerdócio para o bem da Igreja. Agradeço ao senhor cardeal, bispos, sacerdotes, diáconos, religiosos e religiosas, leigos e leigas, pois foi uma bonita experiência de vida e de vida cristã”.

Por fim, o núncio apostólico no Brasil agradeceu ao Senhor “que tem manifestado a beleza da Igreja no Brasil e da Igreja do Rio de Janeiro” e também a Dom Orani, aos Bispos e a todos. “Somos família de Deus. Meu compromisso é servir com alegria, com muitíssima alegria, a Igreja no Brasil, que é conduzida pelo Espírito Santo. Agradeço a Deus o amor que os bispos e o povo têm pela Igreja. Nós somos uma família, somos a Igreja do Brasil”, concluiu. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas