Gaudium news > Novena Perpétua celebra seu centenário neste ano de 2022

Novena Perpétua celebra seu centenário neste ano de 2022

Essa novena é uma das formas mais marcantes da devoção ao ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Redação (28/03/2022 16:37, Gaudium Press) A tradicional ‘Novena Perpétua’, celebração realizada em igrejas e santuários redentoristas ao redor do mundo, completa 100 anos em 2022.

Essa novena, que é uma das formas mais marcantes da devoção ao ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, foi rezada pela primeira vez em uma igreja de Santo Afonso, nos Estados Unidos, no dia 11 de julho de 1922.

Uma devoção centenária

Alicerçada na missão redentorista há mais de 150 anos, a devoção ao ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro faz parte do carisma da ordem, que conserva o Ícone mariano original em sua sede principal em Roma.

Apesar da história do Ícone ser muito mais antiga, a expansão dessa devoção pelo mundo se deve ao dinamismo dos filhos de Santo Afonso. Há quem diga que foi a partir da Casa Geral dos Redentoristas que o amor a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro se propagou por todo mundo.

Origem da Novena Perpétua

A origem da Novena Perpétua se deve ao Padre André Browne, C.Ss.R., que, inspirado em uma oração realizada pela Arquiconfraria de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, teve a ideia de repetir semanalmente, sempre às quartas-feiras, esse mesmo exercício.

O roteiro devocional seguido é muito semelhante ao da Arquiconfraria: leitura de pedidos e agradecimentos, colocados previamente sobre o altar, pregação, oração a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e a bênção aos doentes.

A Novena Perpétua pelo mundo

Atualmente a Novena Perpétua está presente em diferentes países, inclusive na Ásia. Neste continente se destaca o Santuário de Baclaran, nas Filipinas, onde mais de cem mil pessoas se reúnem semanalmente, sendo o local com maior número de devotos dessa novena em todo o mundo.

A Novena Perpétua também possui uma forte presença no Brasil, atraindo milhares de devotos em santuários e igrejas redentoristas, além de templos marianos. No país, os centros redentoristas estão nas cidades de Curitiba, Campo Grande, Manaus, Belém, Teresina, Goiânia, Araraquara, São João da Boa Vista, Campina Grande, Garanhuns, Campos dos Goytacazes e Bom Jesus da Lapa. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas