Gaudium news > Nicarágua: governo proíbe procissão de Nossa Senhora de Fátima

Nicarágua: governo proíbe procissão de Nossa Senhora de Fátima

Continua a perseguição aos católicos na Nicarágua.

Redação (13/08/2022 11:41, Gaudium Press) O regime de Daniel Ortega proibiu uma procissão com uma réplica da Imagem de Nossa Senhora de Fátima, trazida de Portugal, marcada para este sábado, dia 13 de agosto, na capital, o mais recente sinal de tensões entre o governo e a Igreja Católica.

A Arquidiocese de Manágua exortou os fiéis a irem direta e pacificamente à catedral no sábado “para rezar pela igreja e pela Nicarágua”.

Em um comunicado a arquidiocese declarou: “A Polícia Nacional informou-nos que, por motivos de segurança interna, a procissão marcada para as 7h do dia 13 de agosto, atividade prevista por ocasião do Congresso Mariano e a conclusão da Romaria da imagem de Nossa Senhora de Fátima em território nacional, não foi permitida”.

“Nos dias 14 e 15 de agosto, ofereçamos todas as Eucaristias na Solenidade da Assunção de Maria, pedindo que os nicaraguenses cresçam na fé e na esperança”, continuou o comunicado.

A polícia não permite grandes aglomerações públicas, exceto aquelas patrocinadas pelo governo ou pelo partido no poder, a Frente Sandinista de Libertação Nacional, desde setembro de 2018.

A Organização dos Estados Americanos (OEA) emitiu uma declaração, ressaltando que “o ambiente de opressão tem se agravado, com um número crescente de prisões e detenções arbitrárias, o fechamento forçado de organizações não governamentais, a tomada autocrática das prefeituras de cinco municípios cujos chefes eram de um partido político da oposição, a intensificação da repressão contra os jornalistas, a liberdade de imprensa e ataques aos sacerdotes e religiosas da fé católica”.

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas