Gaudium news > Missas com presença de fiéis permanecem suspensas na Arquidiocese de São Paulo

Missas com presença de fiéis permanecem suspensas na Arquidiocese de São Paulo

Segundo o Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, as medidas restritivas adotadas pela Arquidiocese independem de alguma decisão judicial.

São Paulo (06/04/2021 09:24, Gaudium Press) O Cardeal Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, afirmou, durante o programa ‘Diálogos da Fé’, transmitido pela rádio 9 de julho e pelas redes sociais, que as medidas restritivas adotadas pela Arquidiocese para conter o avanço da Covid-19 continuarão em vigor enquanto durar a fase crítica da pandemia.

O purpurado afirmou, em resposta à decisão provisória de Kassio Nunes Marques, ministro do Supremo Tribunal Federal, na qual são liberadas as realizações de missas e cultos religiosos em todo o Brasil, que as medidas adotadas pela Arquidiocese de São Paulo independem de alguma decisão judicial.

Decisão da Arquidiocese não vem de uma proibição

Segundo o Arcebispo de São Paulo, a recomendação de, ao longo deste período crítico de pandemia, celebrar as Missas sem a presença de fiéis nas igrejas, “não vem de uma proibição. A nossa posição vem da preocupação pela situação da pandemia, que está muito grave, com muitos doentes e mortos”.

Além disso, o Cardeal ressaltou que qualquer proibição desse gênero fere um direito constitucional e que a decisão monocrática do ministro do STF não muda a recomendação para as paróquias e comunidades da Arquidiocese, pois “a situação da pandemia ainda não mudou em São Paulo”.

Igrejas permanecem abertas para visitação e oração pessoal

No dia 12 de março de 2021, diante do agravamento da pandemia, Dom Odilo publicou as atuais medidas frisando que com essas decisões a Igreja em São Paulo novamente aderia “ao esforço coletivo para salvar vidas, preservar a saúde das pessoas e superar a pandemia”.

Com a decisão, as celebrações com a participação presencial dos fiéis foram suspensas, apesar das igrejas permanecerem abertas para a visitação e oração pessoal, além do atendimento individual, seguindo os protocolos sanitários. O Cardeal também orientou que as missas continuassem sendo celebradas de forma privada e transmitidas pela internet. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas