Gaudium news > Missa pela França é celebrada no Vaticano

Missa pela França é celebrada no Vaticano

A tradicional Missa pela França foi celebrada na capela do Santíssimo Sacramento, na Basílica de São Pedro, na memória litúrgica de Santa Petronilha (31)

Redação (02/06/2022 08:00, Gaudium Press) Todos os anos no dia 31 de maio, memória litúrgica de Santa Petronilha, é celebrada uma Missa pela França na basílica de São Pedro, no Vaticano.

A Celebração deste ano foi realizada por Monsenhor Jean Laffite, prelado da Ordem de Malta. O eclesiástico disse na homilia que “a ocasião é preciosa para pedir todas as bênçãos divinas sobre nosso país (França) em tempos particularmente difíceis”.

A Santa Missa foi celebrada na capela do Santíssimo Sacramento e contou com vinte concelebrantes e cerca de cem fiéis. Entre os presentes estava a nova embaixadora da França junto à Santa Sé, Florence Mangin.

Exemplo de coragem e fidelidade

Mesmo se Santa Petronilha não tenha sido mártir no senso próprio do termo, ela é um símbolo de coragem e fidelidade a Nosso Senhor Jesus Cristo, pois se negou a oferecer sacrifício aos deuses pagãos.

A tradição de colocar a França sob a proteção de Santa Petronilha remonta ao século VIII, quando os Pontífices desejavam aproximar a Santa Sé do reino dos francos.

Por esta razão a Missa pela França é celebrada no dia de Santa Petronilha, conhecida como filha espiritual de São Pedro ou ainda “filiae dulcíssima” (filha dulcíssima) e faz referência ao termo usado para designar a França como “filha primogênita da Igreja”.

Padroeira do Reino dos Francos

Com efeito, a devoção à santa se relaciona com a fundação da nação francesa. Foi graças a Pepino, o Breve, que o corpo da virgem foi transferido para a Basílica de São Pedro “e permitiu uma expansão do culto devotado à santa” disse Mons. Laffite.

O prelado da Ordem de Malta explicou em seguida que: “Carlos Magno, tendo para com ela a mesma devoção que seu pai, veio se recolher (em oração) na capela. Aquela que era conhecida como a padroeira dos reis francos tornou-se a padroeira nacional da França”.

Tradicionalmente, há duas celebrações anuais pela França no Vaticano: a Missa de Santa Petronilha, em 31 de maio, e a Missa do dia 13 de dezembro na basílica de São João de Latrão que é dedicada “à felicidade e prosperidade da França” (Pro felici ac prospero statu Galliae). (FM)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas