Gaudium news > Medalhão do Divino Pai Eterno é exposto pela primeira vez

Medalhão do Divino Pai Eterno é exposto pela primeira vez

A peça religiosa, que apresenta a imagem da Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria é custodiada no Santuário Basílica em um local onde somente o reitor tem acesso.

Goiás – Trindade (07/07/2020 17:00, Gaudium Press) Por ocasião da festa do Divino Pai Eterno, devoção que em 2020 completa 180 anos, o Santuário Basílica de Trindade, localizado em Goiás, expôs pela primeira vez o medalhão original da Santíssima Trindade.

A peça religiosa, que apresenta a imagem da Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria é custodiada no Santuário Basílica em um local onde somente o reitor tem acesso.

“Nunca mostramos este Medalhão antes e dessa forma. Hoje, ele está aqui exposto para que nós saibamos que na pequenez, na humildade, Deus manifestou Sua Misericórdia”, explicou o reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, Padre Robson de Oliveira.

Origem da devoção ao Divino Pai Eterno

A origem da devoção ao Divino Pai Eterno ocorre por volta de 1840, quando o casal Constantino Xavier e Ana Rosa encontrou o medalhão com a imagem da Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria.

Na ocasião, o casal começou a rezar em casa, algum tempo depois foi construída uma capela para venerar o medalhão. Somente em 1912, Missionários Redentoristas construíram a Igreja Matriz, que hoje em dia já se tornou Santuário Basílica.

“Que nós possamos adorar a Deus, em Seus pequenos sinais como este Medalhão. Que nós entendamos que Deus nos ama, é Deus conosco e Ele está em nossa vida. Que Maria Santíssima interceda e nos faça merecedores das bênçãos e promessas divinas”, afirmou Padre Robson Oliveira. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas