Gaudium news > Manuscrito de mil anos é restituído a mosteiro da Grécia

Manuscrito de mil anos é restituído a mosteiro da Grécia

Um museu dos Estados Unidos devolveu um manuscrito do Evangelho que tinha sido roubado de um mosteiro da Grécia

Redação (30/09/2022 16:15, Gaudium Press) O Museu da Bíblia, em Washington, Estados Unidos, estava em posse de um dos manuscritos históricos mais antigos do mundo.

Conhecido como “Manuscrito evangélico 220”, o documento foi escrito no século XI e pertencia ao mosteiro ortodoxo de Theotokos Eikosiphoinissa, localizado no norte da Grécia.

O documento histórico, que tem mais de mil anos de idade, junto com outros 430 manuscritos e objetos sacros, foi roubado por saqueadores búlgaros durante a Primeira Guerra, há mais de um século, em 1917. A maior parte dos documentos e dos objetos sacros nunca foi restituída.

Durante uma cerimônia, na última quinta-feira, 29 de setembro, o documento foi oficialmente restituído pelo fundador do Museu da Bíblia, Steve Green, ao Arcebispo ortodoxo Elpidophoros que felicitou a instituição americana pela iniciativa e afirmou que “uma injustiça histórica foi reparada”.

A história do evangelho de mil anos foi diferente de outros tantos manuscritos, pois o documento foi doado ao museu em 2014, após ser adquirido em leilão.

Os responsáveis do museu verificaram que o manuscrito fora roubado do mosteiro grego e contactaram o Patriarca Bartolomeu I para restituir o objeto histórico. As autoridades ortodoxas autorizaram o Museu da Bíblia a expor  o documento durante um período. 

O mosteiro de Theotokos Eikosiphoinissa foi construído no século VIII foi incendiado pelos búlgaros aliados da Alemanha nazista, em 1943. Reconstruído após a guerra, a construção é atualmente um convento. (FM)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas