Gaudium news > Mais um Santuário brasileiro se torna Basílica Menor

Mais um Santuário brasileiro se torna Basílica Menor

A Igreja Matriz de Tatuí tornou-se a 74ª Basílica Menor do Brasil, 22ª do Estado de São Paulo e a 2ª da Diocese de Itapetininga.

São Paulo – Tatuí (25/04/2022 12:49, Gaudium Press) Na última quinta-feira, 21, por ocasião dos 200 anos de existência da igreja matriz de Tatuí (SP), fundada no ano de 1822, foi realizada a cerimônia de instalação da Basílica Menor de Nossa Senhora da Conceição, pertencente à Diocese de Itapetininga.

A celebração foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Gorgônio Alves da Encarnação Neto, CR, e concelebrada por Dom Júlio Endi Akamine, Arcebispo de Sorocaba; Dom Arnaldo Cavalheiro Neto, Bispo de Itapeva; Dom Manoel Ferreira dos Santos Júnior, Bispo de Registro; Dom José Benedito Cardoso e Dom Jorge Pierozan, Bispos Auxiliares de São Paulo; e Padre Élcio Roberto de Góes, Reitor da Basílica.

Comunhão com o Papa e a unidade da Igreja

Em sua homilia, Dom Gorgônio afirmou que o título “expressa comunhão com o Papa, a unidade da Igreja e a nossa caminhada de Fé”. Em seguida, recordou dos fiéis que passaram por essa igreja ao longo dos seus 200 anos de história e que deixaram seu testemunho de amor e de Fé.

“Bendito seja aqueles que vieram antes de nós, que construíram essa bela igreja, que findaram nessa cidade a Fé Católica para que nós pudéssemos também viver, participar e ser verdadeiro povo de Deus”, ressaltou. Logo depois exortou aos fiéis para que assumam com um maior empenho o trabalho de evangelização, comprometendo-se caminhar com Cristo unidos ao Papa.

O Brasil possui 74 Basílicas Menores

Ao término da celebração, o Padre Élcio, Reitor da Basílica, manifestou sua alegria pelo reconhecimento pontifício, destacando que é uma missão para servir mais e melhor, fiéis ao magistério do Papa, sendo um lugar de oração, perdão, de misericórdia e acolhida para todos os filhos de Deus e devotos de Nossa Senhora da Conceição.

A Igreja Matriz de Tatuí tornou-se a 74ª Basílica Menor do Brasil, 22ª do Estado de São Paulo e a 2ª da Diocese de Itapetininga, juntamente com a Basílica de São Miguel Arcanjo, instalada no ano de 2018.

Basílicas maiores e Basílicas menores

Existem dois tipos de Basílicas: as “maiores”, que são quatro, todas situadas em Roma: São Pedro, São João de Latrão, Santa Maria Maior e São Paulo Extramuros; e as “menores”, que já passam de 1500 e estão distribuídas em todo o mundo. Dessas últimas, 65 se encontram no Brasil. A Basílica de Nossa Senhora Aparecida, localizada no interior de São Paulo, é a segunda maior Basílica do mundo em dimensões, perdendo apenas para a Basílica de São Pedro, no Vaticano.

O título de Basílica menor só pode ser concedido pelo Papa, para recebê-lo, a igreja deve ser reconhecida como um centro de atividade litúrgica e pastoral, sobretudo para as celebrações da Eucaristia, da Reconciliação e dos outros sacramentos, “sendo exemplar quanto à preparação e desenvolvimento, fiel na observância das normas litúrgicas e com a ativa participação do povo de Deus”, como destaca o decreto Domus Ecclesiae. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas