Gaudium news > Mais de 3,4 mil cristãos foram mortos por terroristas só este ano na Nigéria

Mais de 3,4 mil cristãos foram mortos por terroristas só este ano na Nigéria

Segundo relatório apresentado pela Intersociety, por volta de 17 cristãos são mortos por dia no país africano.

Redação (05/08/2021 12:20, Gaudium Press) Um relatório divulgado pela Sociedade Internacional das Liberdades Cívicas e do Estado de Direito (Intersociety) da Nigéria destacou que, durante os primeiros 200 dias de 2021, por volta de 3,4 mil cristãos foram mortos por terroristas islâmicos no país africano.

17 cristãos mortos por dia

Segundo o relatório, a média de 17 cristãos mortos por dia é a segunda mais alta desde 2014, quando foram registrados mais de 5 mil assassinatos de cristãos, e é quase a mesma do ano inteiro de 2020, “estimado em 3.530 segundo a lista de vigilância mundial de cristãos perseguidos da Open Doors”.

De acordo com a Intersociety, mais de 4 mil cristãos foram vítimas de membros do grupo muçulmano Boko Haram. Outras 1,2 mil pessoas foram assassinadas por pastores Fulani. A pesquisa também chegou à conclusão de que entre os meses de janeiro e julho deste ano, quase 3 mil cristãos foram sequestrados.

Governo nigeriano é cúmplice nestes assassinatos de cristãos

A estimativa do grupo de pesquisa é de que 3 em cada 30 cristãos sequestrados acabam morrendo em cativeiro, chegando a 300 o número de mortos pelos terroristas. Além disso, foram contabilizados 150 assassinatos não registrados e 300 igrejas ameaçadas, atacadas ou queimadas.

Os autores da pesquisa lamentaram o fato de que os culpados por esses massacres de cristãos na Nigéria tenham escapado da justiça, alimentando a impunidade e incentivando a repetição destes crimes. O governo nigeriano também foi alvo de fortes críticas por sua cumplicidade nos assassinatos dos cristãos no país. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas