Gaudium news > Livro reúne obras artísticas sobre a Anunciação de Maria

Livro reúne obras artísticas sobre a Anunciação de Maria

Dirigida ao público em geral, a obra é definida pela autora como “um passeio pela história através das obras de arte inspiradas em um tema central na origem do cristianismo”.

Redação (06/11/2020 16:00, Gaudium Press) “A Anunciação de Maria na arte do Oriente e Ocidente”, assim se intitula o livro de autoria do teólogo francês François Boefsplug e de Emanuela Fogliadini, professora de História da teologia do Oriente cristão na Faculdade de Teologia da Itália Setentrional de Milão.

Um passeio pela história através das obras de arte

Dirigida ao público em geral, a obra é definida pela autora como “um passeio pela história através das obras de arte inspiradas em um tema central na origem do cristianismo”. De fato, na publicação são analisados desde os mosaicos dos primeiros cristãos até os manuscritos iluminados, desde os ícones orientais até os retábulos medievais, desde as pinturas do Beato Angélico até os óleos flamencos, desde as pinturas de Poussin do século XVII até as do século passado, cheias de simbolismo, de Maurice Denise.

Emanuela Fogliadini explica ainda que o livro centra sua atenção na “excepcionalidade do anúncio: a surpresa de Maria nos gestos ou no rosto; a presença implícita ou explícita de Deus neste encontro”.

Obras de arte que podem falar de forma especial às novas gerações

Entre outras representações, a autora menciona também a tela de Henry Ossawa Tanner, conservada no Museu de Arte da Filadélfia e pintada no final do século XIX. “A Anunciação está localizada no quarto de uma jovem sentada em sua cama. O anjo não tem aspecto humano, mas é uma luz intensa, um brilho luminoso quase ofuscante”.

Já para François Boefsplug, estas obras podem falar de forma especial às novas gerações de hoje. “Todas interpretam de acordo com diferentes sensibilidades este misterioso evento narrado nos Evangelho canônicos e apócrifos. Particularmente significativo é o afresco da Iglesia Cristo Pantocrator do Mosteiro de Visoki Decani em Kosovo, que data de 1335-1350. Aqui, Maria está de frente para o espectador, não olhando para o anjo, representado como um mensageiro imperial”, ressaltou. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas