Gaudium news > Jesuítas lançam edição em japonês da revista ‘La Civiltà Cattolica’

Jesuítas lançam edição em japonês da revista ‘La Civiltà Cattolica’

O Diretor da Fundação Kadokawa, Dr. Yasushi Shiina, explicou que a ideia de lançar uma edição em japonês da revista surgiu após a visita do Papa Francisco ao Japão.

Redação (10/11/2020 09:00, Gaudium Press) No último sábado, 07 de novembro, foi publicada, em papel e digital, a primeira edição em japonês de ‘La Civiltà Cattolica’, a revista dos jesuítas italianos.

O lançamento ocorreu em Tóquio, no âmbito do ‘Vatican & Japan – 100 Year Project’, na sede principal do Grupo Kadokawa, responsável pela publicação. A cerimônia contou com a presença do Provincial dos jesuítas do Japão, Padre Renzo De Luca.

Uma revista, vários idiomas

Neste ano de 2020, em que a revista ‘La Civiltà Cattolica’ comemora seu 170º aniversário de fundação, também foi lançada a edição em chinês, publicada no dia 20 de abril. A edição coreana já existe desde 2017, assim como as edições em inglês e francês, que seguem a original em italiano. Em breve a edição em espanhol será restaurada com várias novidades.

O Diretor da Fundação Kadokawa, Dr. Yasushi Shiina, explicou que a ideia de lançar uma edição em japonês da revista surgiu após a visita do Papa Francisco ao Japão. “Aproveitamos a oportunidade para oferecer aos japoneses uma chave de leitura do mundo, a partir da perspectiva universal que se elabora e desenvolve em Roma”, comentou.

Conteúdo da primeira edição japonesa de ‘La Civiltà Cattolica’

O número 0 da revista inclui uma apresentação do Diretor de ‘La Civiltà Cattolica’, o Padre Antonio Spadaro, e uma reflexão do Provincial dos Jesuítas do Japão, o Padre Renzo De Luca, dedicada ao intercâmbio cultural com o Japão na revista dos jesuítas.

A publicação segue com dois artigos: a tradução para o japonês de um ensaio publicado na revista no ano de 1942, assinado pelo Padre Pasquale d’Elia S.I., sobre a catolicidade da Igreja romana e o Japão; e outro artigo do Padre Toni Witwer S.I. sobre a figura de Justus Takayama Ukon, daimyo e samurai japonês da época Sengoku (século XVI), beatificado no dia 7 de fevereiro de 2017 pelo Papa Francisco. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas