Gaudium news > Imagem de Nossa Senhora Auxiliadora recebe coroação canônica nas Filipinas

Imagem de Nossa Senhora Auxiliadora recebe coroação canônica nas Filipinas

Esta é a segunda imagem canonicamente coroada na Diocese de Parañaque. A primeira é a de Nossa Senhora do Bom Sucesso, de 400 anos, venerada na Catedral de Santo André.

Foto: Divulgação/Diocese de Parañaque-Anton Maria Francesco Carabeo.

Filipinas – Parañaque (25/05/2022 15:10, Gaudium Press) Na última terça-feira, 24 de maio, Festa de Nossa Senhora Auxiliadora, o Arcebispo de Manila, Cardeal José Advincula, presidiu a cerimônia de coroação canônica da imagem centenária da Virgem Maria sob a invocação de Auxílio dos Cristãos.

As três dimensões da realeza de Maria

Em sua homilia, o purpurado explicou que a coroação canônica é um reconhecimento da Igreja pela realeza de Maria “porque ela é a mãe de Jesus Cristo, nosso Rei”. Ao comentar as leituras do dia, ele falou sobre as três dimensões da realeza de Maria: comunhão, maternidade e caridade.

“Como rainha, ela promove nossa comunhão, nos faz sentir sua maternidade e estende sobre nós sua caridade. Procuremos sua ajuda materna para que também nós nos tornemos agentes de unidade, portadores de vida e missionários de assistência mútua”, destacou.

Pedido feito ao Vaticano

A solicitação da coroação canônica foi feita pelo Bispo Jesse Mercado, do Parañaque, que no dia 19 de março de 2021 escreveu ao Vaticano que, através da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, aprovou a petição em 16 de novembro do mesmo ano.

A cerimônia de coroação canônica contou com a presença do Bispo Jesse Mercado e também do Bispo de Cubao, Dom Honesto Ongtioco; do Bispo de Imus, Dom Reynaldo Evangelista; do Bispo de Bacolod, Dom Patricio Buzon; do Arcebispo salesiano, Dom Francesco Panfilo; e dos Bispos eméritos Dom Teodoro Bacani, de Novaliches; e Dom Leo Drona, de São Paulo.

História da devoção a Nossa Senhora Auxiliadora nas Filipinas

A devoção a Nossa Senhora Auxiliadora nas Filipinas começou no ano de 1922, com a nomeação do Arcebispo salesiano Dom Guglielmo Piani como Delegado Apostólico no país. Em sua viagem às Filipinas, ele trouxe consigo a imagem de Maria Auxiliadora, que foi entronizada pela primeira vez na Catedral de Manila.

No ano de 1942, durante a ocupação japonesa, a imagem foi levada para a Igreja de Nossa Senhora do Loreto, no distrito de Sampaloc, em Manila. Somente em 1994 a imagem foi transferida para seu Santuário Nacional em Parañaque. Esta é a segunda imagem canonicamente coroada na Diocese, a primeira é a de Nossa Senhora do Bom Sucesso, de 400 anos, venerada na Catedral de Santo André. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas