Gaudium news > Igreja ganha novos Santos, Beatos e Mártires

Igreja ganha novos Santos, Beatos e Mártires

O Papa Francisco assinou os decretos autorizando a canonização de três Beatos, a beatificação de três Veneráveis ​​e o reconhecimento de sete Mártires.

Cidade do Vaticano (27/05/2020 12:00, Gaudium Press) O prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Cardeal Angelo Becciu, foi recebido em audiência pelo Papa Francisco na última terça-feira, 26 de maio. Na ocasião, o Pontífice assinou os decretos autorizando a canonização de três Beatos, a beatificação de três Veneráveis ​​e o reconhecimento de sete Mártires.

Novos Santos

Entre os novos santos encontra-se o sacerdote e missionário francês Beato Charles de Foucauld, nascido em 15 de setembro de 1858 em Estrasburgo, França, e assassinado na Argélia no dia 1º de dezembro de 1916.

O Papa também reconheceu o milagre atribuído à intercessão do Beato César de Bus, fundador da Congregação dos Padres da Doutrina Cristã (Doutrinários), nascido no dia 3 de fevereiro de 1544 em Cavaillon, França, e falecido em Avignon, França, no dia 15 de abril de 1607.

Também foi reconhecido o milagre atribuído à intercessão da Beata Maria Domenica Mantovani, cofundadora e primeira Superiora Geral do Instituto das Pequenas Irmãs da Sagrada Família, nascida no dia 12 de novembro de 1862 em Castelletto di Brenzone, Itália, falecida no dia 2 de fevereiro de 1934.

Novos Beatos

Foram assinados também os decretos que permitirão a beatificação de três veneráveis. Um deles é o Venerável Servo de Deus Michele McGivney, sacerdote diocesano, fundador da Ordem dos Cavaleiros de Colombo. Nascido em 12 de agosto de 1852 em Waterbury, Estados Unidos, e falecido em Thomaston, Estados Unidos, em 14 de agosto de 1890.

Outra futura Beata é a Venerável Serva de Deus Pauline-Marie Jaricot, fundadora das Obras para a Propagação da Fé e do Rosário Vivo, nascida em 22 de julho de 1799 em Lyon, na França, e falecida em 9 de janeiro de 1862.

O Servo de Deus Melchiorre Maria de Marion Brésillac, também teve suas virtudes heroicas reconhecidas. Ele foi Bispo de Prusa, Vigário Apostólico de Coimbaore, fundador da Sociedade de Missões Africanas, tendo nascido no dia 2 de dezembro de 1813 em Castelnaudary, França, e falecido em Freetown, Serra Leoa, no dia 25 de junho de 1859.

Mártires

O Santo Padre assinou um outro decreto no qual reconhece o martírio dos Servos de Deus Simeone Cardon e 5 companheiros, professos religiosos da Congregação Cisterciense de Casamari, Itália, que, entre os dias 13 e 16 de maio de 1799, foram assassinados por ódio à Fé.

Também se reconheceu o martírio do Servo de Deus Cosme Spessotto, sacerdote da Ordem dos Frades Menores, nascido no dia 28 de janeiro de 1923 em Mansué, Itália, e assassinado por ódio à Fé, no dia 14 de junho de 1980, na cidade de San Juan Nonulaco, El Salvador. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas