Gaudium news > História, Oração e Frases de Santa Faustina Kowalska

História, Oração e Frases de Santa Faustina Kowalska

A Igreja celebra no dia de hoje, 5 de outubro, a memória de Santa Maria Faustina Kowalska, a Apóstola da Divina Misericórdia.

Redação (05/10/2021 09:59, Gaudium Press) Santa Maria Faustina Kowalska, nasceu na cidade polonesa de Cracóvia no ano de 1905. Desejosa por seguir a vida religiosa, em 1924 ingressou na Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Misericórdia.

Nosso Senhor Jesus Cristo lhe apareceu em diversas ocasiões mostrando-lhe o seu infinito amor misericordioso pela humanidade. A Santa também recebeu de Deus estigmas ocultos, o dom da profecia, revelações e o Terço da Divina Misericórdia.

Seu confessor, o Beato Michał Sopoćko, exigiu que a Santa escrevesse as suas vivências em um diário espiritual. Através destes escritos conhecemos suas experiências místicas.

Santa Faustina morreu no dia 5 de outubro de 1938, após longos sofrimentos. O Papa São João Paulo II, seu compatriota e contemporâneo, a canonizou no ano 2000. Por influência desta Santa, o Pontífice estabeleceu o segundo domingo de Páscoa como “Domingo da Divina Misericórdia”.

Frases de Santa Faustina Kowalska

01 – “A humanidade não encontrará a paz enquanto não se voltar com confiança para a minha misericórdia”.

02 – “Deus nunca força a nossa livre vontade. De nós depende se queremos aceitar a graça de Deus, ou não, se queremos colaborar com ela, ou desperdiçá-la”.

03 – “O silêncio é uma linguagem tão poderosa que atinge o Trono de Deus vivo. O silêncio é a Sua palavra, embora oculta, mas poderosa e viva”.

04 – “A minha alma é semelhante a uma água transparente na qual vejo tudo, tanto a minha miséria como a grandeza das graças de Deus”.

05 – “Deus nunca permitirá mais do que possamos suportar”.

06 – “Com a confiança de uma criança, jogo-me nos Vossos braços, Pai de Misericórdia, para Vos desagravar pela infidelidade de tantas almas que têm medo de confiar em Vós”.

07 – “Ele é o Senhor e não permitirá, nem consentirá, que sejam confundidos aqueles que puseram n’Ele toda a sua confiança”.

08 – “Jesus, Vós me dais a conhecer e compreender em que consiste a grandeza da alma: não em grandes ações, mas em um grande amor”.

09 – “O amor de Deus é a flor e a misericórdia o fruto”.

10 – “Recita, sem cessar, este Terço que te ensinei. Todo aquele que o recitar alcançará grande misericórdia na hora da sua morte. Os sacerdotes o recomendarão aos pecadores como a última tábua de salvação. Ainda que o pecador seja o mais endurecido, se recitar este Terço uma só vez, alcançará a graça da Minha infinita misericórdia”.

Oração de Santa Faustina para pedir um coração misericordioso

Ó Santíssima Trindade, quantas vezes o meu peito respirar, quantas vezes o meu coração bater, quantas vezes o meu sangue pulsar em mim, outras mil vezes desejo adorar a Vossa misericórdia. Desejo transformar-me toda em Vossa misericórdia, para tornar-me o Vosso reflexo vivo, ó meu Senhor!

Que a Vossa misericórdia, que é insondável e de todos os atributos de Deus o mais sublime, se derrame do meu coração e da minha alma sobre o próximo.

Ajudai-me, Senhor, para que os meus olhos sejam misericordiosos, de modo que eu jamais suspeite nem julgue as pessoas pela aparência externa, mas perceba a beleza interior dos outros e possa ajudá-los.

Ajudai-me, Senhor, para que os meus ouvidos sejam misericordiosos, de modo que eu esteja atenta às necessidades dos meus irmãos e não me permitais permanecer indiferente diante de suas dores e lágrimas.

Ajudai-me, Senhor, para que a minha língua seja misericordiosa, de modo que eu nunca fale mal dos meus irmãos; que eu tenha para cada um deles uma palavra de conforto e de perdão.

Ajudai-me, Senhor, para que as minhas mãos sejam misericordiosas e transbordantes de boas obras, nem se cansem jamais de fazer o bem aos outros, enquanto, aceite para mim as tarefas mais difíceis e penosas.

Ajudai-me, Senhor, para que sejam misericordiosos também os meus pés, para que levem sem descanso ajuda aos meus irmãos, vencendo a fadiga e o cansaço; o meu repouso esteja no serviço ao próximo.

Ajudai-me, Senhor, para que o meu coração seja misericordioso e se torne sensível a todos os sofrimentos do próximo; ninguém receba uma recusa do meu coração. Que eu conviva serenamente, mesmo com aqueles que abusam de minha bondade.

Quanto a mim, me encerro no Coração misericordiosíssimo de Jesus silenciando
aos outros o quanto tenha de sofrer. Ó meu Jesus, transformai-me em Vós, porque Vós tudo podeis. Amém. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas