Gaudium news > Gruta de Lourdes e Mozart: atentado ao laicismo francês?

Gruta de Lourdes e Mozart: atentado ao laicismo francês?

Os militantes do laicismo francês atacam o Ave Verum de Mozart.

Redação (18/06/2022 18:00, Gaudium Press) David Castebrunet, secretário do sindicato dos professores, considera um atentado gravíssimo contra o laicismo francês levar um grupo de estudantes do curso fundamental e médio de Lourdes para a gruta de Nossa Senhora de Lourdes e, entre outras atividades, cantar o Ave Verum de Mozart. Com efeito, David enviou uma carta ao reitor, ao diretor acadêmico, ao diretor do colégio em questão, à inspetoria da academia e à imprensa local.

Na carta, ele mostra sua intolerância religiosa ao afirmar que é um grave atentado à neutralidade religiosa convocar os alunos para “participar de um concerto a ser realizado no dia 11 de julho, na gruta de Lourdes, onde os alunos cantarão, neste lugar símbolo do catolicismo, uma canção religiosa (Ave Verum Corpus de Mozart). O secularismo é o produto de uma longa história da França. A separação entre Igreja e Estado foi estabelecida pela lei de 1905. […] Os principais textos que proíbem o proselitismo e a propaganda religiosa nas escolas públicas têm mais de um século”.

Parece que o sindicalista está contra um monumento que, além ser um símbolo religioso, também faz parte da cultura europeia, querendo proibir os alunos das escolas públicas de irem à Gruta de Massabielle, e de cantarem músicas de um grande compositor, Mozart.

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas