Gaudium news > Ganhadores do prêmio Ratzinger serão recebidos pelo Papa Francisco

Ganhadores do prêmio Ratzinger serão recebidos pelo Papa Francisco

Os ganhadores do prêmio Ratzinger de 2021 e de 2020 serão recebidos pelo Papa Francisco, na Sala São Clemente no próximo novembro

Joseph Ratzinger, o Papa Emérito, nasceu em Marktl am Inn, na Alemanha, num Sábado Santo: 16 de abril de 1927.

Roma (sábado 02/10/2021 8:40, Gaudium Press) Criado em 2011 pela Fundação Ratzinger-Bento XVI, o prêmio Ratzinger é uma recompensa dada a personalidades que se destacaram ao longo do ano no campo da filosofia, da teologia ou até mesmo no campo artístico.

No dia 13 de novembro, o Papa Francisco vai receber os ganhadores do Prêmio Ratzinger deste ano, a professora de origem alemã, Hanna-Barbara Gerl-Falkovitz (professora emérita da filosofia das religiões e das ciências filosóficas na universidade de Dresde e especialista de Edith Stein e de  Romano Guardini) e o professor alemão Ludger Schwienhorst-Schönberger (atual professor sobre o Antigo Testamento na Universidade de Viena e experto no livro Cântico dos Cânticos e da Sabedoria).

Os nomeados para o prêmio de 2020 também estarão presentes

A cerimônia do ano passado foi cancelada pela crise sanitária. Este ano, laureados de 2020 também estarão presentes na sala São Clemente para serem recebidos pelo Pontífice. São eles a professora australiana Tracey Rowland (especialista da relação entre a teologia do século XX e a cultura, com referência a filosofia de Alasdair MacIntyre e a teologia de Henri De Lubac e de Ratzinger) e o francês Jean-Luc Marion (filósofo, teólogo e professor de metafísica da Sorbonne, acadêmico da França e ex-membro do Conselho Pontíficio). 

Comitê de seleção e laureados

Até agora o prêmio foi distribuído a 24 personalidades, provenientes de 15 países. Os premiados são previamente selecionados pelo comitê científico da Fundação que são atualmente cinco: Angelo Amato, prefeito emérito da Congregação para a Causa dos Santos, Kurt Koch, presidente do Conselho Pontifício para a unidade dos cristãos, Luis Ladaria, prefeito da Congregação pela doutrina da fé, Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a cultura et Rudolf Voderholzer, bispo de Regensburg e presidente do Instituto  Papst Benedikt.

Além da outorga do prêmio a Fundação Ratzinger promove simpósios internacionalmente em parceria com universidades de todo o mundo. Este foi o segundo ano consecutivos que o simpósio foi anulado em razão da pandemia. (FM)

Com informações de VaticanoNews.

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas