Gaudium news > Fundação Católica para a Saúde é instituída pelo Papa Francisco

Fundação Católica para a Saúde é instituída pelo Papa Francisco

A iniciativa tem por objetivo oferecer apoio econômico às estruturas de saúde administradas por ordens religiosas da Igreja Católica.

Redação (07/10/2021 15:53, Gaudium Press) Diante da crise que tem afetado inúmeras estruturas de saúde administradas por ordens religiosas, que muitas vezes se encontram na impossibilidade de continuar a mantê-las, o Papa Francisco criou nesta quarta-feira, 6 de outubro, a Fundação Católica para a Saúde.

Objetivo da Fundação Católica para a Saúde

A iniciativa tem por objetivo oferecer “apoio econômico às estruturas de saúde da Igreja, para que o carisma dos fundadores possa ser preservado, a sua inclusão na rede de análogas e beneméritas estruturas da Igreja e com isso, o seu propósito exclusivamente benéfico segundo com os ditames da Doutrina Social”.

Preservar as estruturas católicas de saúde

A Fundação poderá realizar qualquer tipo de operação permitida pela legislação do país onde operam as estruturas de saúde objeto de suas atividades, procurando assegurar o respeito à Doutrina Social e a sustentabilidade econômica. As estruturas católicas de saúde, que por várias razões encontram dificuldades para ir adiante, poderão assim evitar escolhas demasiado condicionadas pela urgência.

Evitar a ideia de uma estrutura elitista

Dom Nunzio Galantino, Presidente da APSA, dirigirá a Fundação. Segundo o prelado, a ideia é “evitar o risco que, mesmo que não querendo, essas estruturas contribuem em transmitir uma ideia elitista da assistência à saúde, reduzindo os espaços dos cuidados oferecidos a todos e para todos”.

Serviço de saúde acessível a todos

Em julho deste ano, após passar por uma cirurgia intestinal, o Papa Francisco ressaltou a importância de um bom serviço de saúde, acessível a todos. “Não se pode perder este bem precioso. É preciso preservá-lo! E por isso todos devemos comprometer-nos, pois serve a todos e requer a contribuição de todos”. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas