Gaudium news > Feministas vandalizam igrejas na Bolívia

Feministas vandalizam igrejas na Bolívia

No dia 8 de março, grupos feministas picharam igrejas em Cochabamba e La Paz.  

Redação (11/03/2022 10:16, Gaudium Press) Durante a marcha pelo Dia Internacional da Mulher, feministas picharam a fachada da igreja de Cochabamba, na Plaza Colón e jogaram tinta vermelha nas portas da Igreja Maria Auxiliadora e na fachada do Ministério da Justiça, em La Paz.

Em um comunicado, o Conselho Arquidiocesano dos Leigos de La Paz expressa “enorme preocupação com o vandalismo de pequenos grupos violentos que, por ocasião do Dia Internacional da Mulher, geraram um clima de intolerância e confronto, violando os direitos de ambas as partes, com ações que contrariam a atitude pacífica que sempre caracterizou nosso povo”.

Ademais, “os direitos humanos têm seus limites quando os direitos dos outros são violados”, e que esse princípio norteador da convivência pacífica “está cada vez mais deteriorado e relativizado”.

O comunicado, assinado pelo Presidente do Conselho Arquidiocesano dos Leigos de La Paz, Juan Carlo Núñez, conclui pedindo aos representantes do Estado boliviano “que assumam sua responsabilidade de garantir o pleno respeito ao Estado de Direito, a proteção da integridade dos cidadãos, do patrimônio cultural e religioso, de acordo com a Constituição Política do Estado e as leis em vigor”.

Os moradores do centro da cidade limparam os grafites das igrejas, ressaltando o excesso por parte dos grupos feministas.

“Eu vi que durante o protesto elas pintaram o muro e acho que existem outras formas melhores de protestar. Como moro perto, vi que isso foi reformado para a Quaresma e tanto trabalho para, em minutos, ser destruído. É uma pena, por isso, vim cedo para limpar”, disse uma moradora.

 

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas