Gaudium news > Dois terços dos americanos apoiam restrições totais ou parciais ao aborto

Dois terços dos americanos apoiam restrições totais ou parciais ao aborto

De acordo com os dados obtidos na pesquisa da Gallup, 46% dos americanos consideram o aborto errado e 47%, aceitável.

Redação (16/06/2021 11:16, Gaudium Press) Relata o padre Jorge Enrique Mujica, LC no Zenit que, segundo a mais recente pesquisa realizada pela Gallup, 46% dos americanos consideram o aborto errado e 47%, aceitável; ou seja, a população também está dividida nesse ponto.

Avaliando o aborto por afiliação política, o estudo mostra que 64% dos simpatizantes do Partido Democrata, 51% dos independentes e apenas 26% dos republicanos defendem o aborto como moralmente aceitável.

Quando os americanos foram questionados se são pró-aborto ou pró-vida, o percentual para ambos os casos foi de 49% contra 47% respectivamente. Esses dados, no entanto, não são necessariamente “ruins”. Entre 1995 e 1997, as pessoas que se definiam como pró-aborto eram 52% da população, enquanto as pessoas pró-vida mal chegavam a 38%.

Em 2021, 74% dos simpatizantes do Partido Republicano se declaram pró-vida, enquanto 70% dos democratas, a favor do aborto.

Gallup afirma que 48% dos americanos consideram que o aborto deve ser legal apenas sob certas circunstâncias; enquanto 32% acreditam que o deve ser sob qualquer circunstância. Há 19% da população que considera que o aborto deve ser ilegal em todas as circunstâncias. Se somarmos os percentuais de proibição total e legal do aborto, encontramos que dois terços dos americanos apoiam restrições parciais ou totais ao aborto.

Verificou-se também que 52% dos americanos apoiam medidas mais restritivas contra 45% que apoiam medidas menos restritivas.

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas