Gaudium news > Documento do famoso pintor Van Eyck encontrado nos arquivos do Vaticano

Documento do famoso pintor Van Eyck encontrado nos arquivos do Vaticano

Van Eyck é o maior expoente da história da arte flamenga.

Redação (22/06/2021 15:54, Gaudium Press) Falar sobre Jan Van Eyck é mergulhar nas maravilhas da pintura flamenga do final da Idade Média, para contemplar sua leveza e altura, somada a um realismo não vulgar, mas sublime. Alguns consideram essa pintura flamenga do século XV como o último fruto, a última linda flor da pintura gótica.

A pintura de Van Eyck é caracterizada pela perfeição nos detalhes. Suas obras são todas famosas, como a “Virgem do Cônego Van der Paele”, a “Virgem do Chanceler Rolin”, ou sua “Anunciação” que está na Galeria Nacional de Arte em Washington.

Acredita-se que ele nasceu em Maaseik, perto de Maastricht, na atual fronteira entre a Holanda e a Bélgica, mas realmente há muita obscuridade sobre sua vida.

Pede confissão

Mas agora sua figura alcança publicidade depois do historiador Hendrik Callewier encontrar, no arquivo do Vaticano, um pedido singular do pintor, seis meses antes de morrer em 1441:

“Van Eyck pede que lhe seja enviada uma carta, concedendo-lhe permissão para ir se confessar com o objetivo de ter seus pecados perdoados”; entende-se que ele pede para se confessar na Santa Sé.

O historiador relata que esta é a primeira vez que se vê um documento escrito por Jan Van Eyck e que menciona sua mulher Margareta.

Surpreende também um pedido desse estilo ao Papa: “é algo sem precedentes nesse tempo. Van Eyck realmente fez como seus clientes: ele é um artesão que tenta obter os mesmos privilégios que a alta sociedade e clérigos de seu tempo.”

O pedido de Van Eyck vem da diocese de Liège, o que confirmaria o local de seu nascimento nesta jurisdição e não em outras. E confirma também que sua esposa era Margareta.

Para admirar a obra de Van Eyck, clique aqui.

Com informações Flandersnews.be

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas