Gaudium news > Dioceses de Angola retomam cerimônias de ordenação e celebrações da crisma

Dioceses de Angola retomam cerimônias de ordenação e celebrações da crisma

As cerimônias, que haviam sido adiadas por conta da pandemia de Covid-19, estão sendo celebradas em diversas Dioceses do país.

Angola – Luanda (02/07/2020 15:30, Gaudium Press) Após inúmeros adiamentos devido a pandemia de Covid-19, algumas Dioceses da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé decidiram celebrar cerimônias de ordenações diaconais, sacerdotais, profissões religiosas e a administração do sacramento do crisma.

Ordenação diaconal

A Diocese de Cabinda presidiu a ordenação diaconal de três jovens na paróquia de São Carlos Lwanga. A cerimônia ocorreu no último sábado, 27 de junho, sendo presidida pelo Bispo local, Dom Belmiro Chissengueti.

Profissão religiosa

No domingo, 28, três Irmãs da Congregação de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro emitiram suas primeiras profissões religiosas na Diocese de Benguela. Após emitir sua primeira profissão religiosa, a Irmã Rosária Cangombe exortou para “que os jovens saibam descobrir as suas vocações, sejam perseverantes e confiem sempre na misericórdia de Deus”.

Sacramento do crisma

Na Diocese do Lwena e Huambo, centenas de jovens e adultos decidiram seguir Deus como verdadeiros “soldados” de Cristo através da participação em uma cerimônia na qual lhes foi administrado o sacramento da confirmação (Crisma).

Cerimônias previstas para julho e agosto

Estão previstas quatro ordenações diaconais na catedral da Diocese do Lwena, no dia 5 de julho. Já no dia 18 de julho, após ser adiada por duas vezes, ocorrerá uma ordenação diaconal na Arquidiocese de Malanje.

Para o dia 16 de agosto está marcada a Sagração episcopal e tomada de posse do novo Bispo da Diocese de Caxito, Dom Maurício Agostinho Camuto, eleito pelo Papa Francisco em 15 de junho.

Os preparativos estão sendo realizados por uma equipe organizadora. O local da cerimônia já está definido, o estádio municipal do Dande. Só estão aguardando para decidir o número de fiéis que poderão participar da cerimônia. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas