Gaudium news > Diocese de Roma prepara peregrinação ao Santuário de Lourdes

Diocese de Roma prepara peregrinação ao Santuário de Lourdes

Na peregrinação, os fiéis agradecerão pela proteção e companhia de Nossa Senhora durante o período de confinamento.

França – Lourdes (01/07/2020 11:00, Gaudium Press) Aos poucos a Itália vai retornando à normalidade após dois meses de confinamento e isolamento provocados pela pandemia de Covid-19. Prova disso é o anúncio feito pela Diocese de Roma, que logo realizará uma peregrinação diocesana ao Santuário de Lourdes, na França

A data estipulada para a romaria, que ocorre todos os anos e é uma tradição na Igreja que peregrina na Cidade Eterna, é de 24 a 27 de agosto, e contará com a presença do Vigário do Papa para a Diocese de Roma, Cardeal Angelo De Donatis e a organização da Obra Romana das Peregrinações (ORP).

Ação de Graças a Nossa Senhora

Conforme detalhado pela Diocese romana em um comunicado de imprensa, a peregrinação será ocasião para agradecer a Nossa Senhora por sua proteção e companhia durante o período de confinamento.

“Iremos a Lourdes para agradecer a Virgem Maria e nos confiarmos novamente ao seu amparo maternal”, assinalou o Padre Remo Chiavarini, administrador delegado da ORP.

Precisamente a Diocese de Roma confiou-se durante este período de crise sanitária ao amparo de Nossa Senhora, já que cada dia do período de confinamento obrigatório pedia sua proteção nas celebrações diárias das Missas no Santuário da Madonna do Divino Amor.

Retornar aos lugares santos

A romaria também procura responder ao chamado feito pelo Papa Francisco diante da crise, de não fechar-se e de sair de si mesmo.

Nesse sentido, o Padre Chiavarini destacou: “Ouvimos as palavras do Papa Francisco, que nos convidou a dar frutos neste momento de profunda crise, generalizada em todos os países. Recordamos suas palavras: ‘Pior que esta crise, só existe o drama de desperdiçá-la, fechando-nos em nós mesmos’.

Precisamente, para dar um novo fôlego às comunidades e ao espírito missionário da Igreja, a Diocese de Roma tomou a decisão, uma vez reduzidas as medidas de segurança sanitária, de retornar aos lugares sagrados, “onde a ação do Espírito é mais forte, e está a verdadeira fonte da Evangelização”, como se destacou em um comunicado de imprensa da jurisdição eclesial.

Momento de silêncio e contemplação

Encontrar-se em Lourdes significa, além disso, como assinalou o administrador delegado da ORP, “ter um momento de descanso, de silêncio e de contemplação da própria vida. Viver uma experiência de verdadeira espiritualidade para chegar a Jesus através da ternura de Maria”. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas