Gaudium news > Diocese de Regensburg divulga informações sobre o funeral de Monsenhor Georg Ratzinger

Diocese de Regensburg divulga informações sobre o funeral de Monsenhor Georg Ratzinger

A cerimônia ocorrerá na Catedral de Regensburg, às 10h da próxima quarta-feira, 8 de julho, sendo presidida pelo Bispo local, Dom Rudolf Voderholzer.

Alemanha – Regensburg (03/07/2020 15:00, Gaudium Press) O funeral de Monsenhor Georg Ratzinger, irmão do Papa Emérito Bento XVI, falecido em 1º de julho, aos 96 anos de idade, está programado para ocorrer na próxima quarta-feira, 8 de julho.

A cerimônia será presidida pelo Bispo de Regensburg, Dom Rudolf Voderholzer, às 10h na Catedral local. Segundo informou o Diocese, Monsenhor Georg Ratzinger será enterrado nos túmulos que estão na Catedral de Regensburg.

Por conta da pandemia de Covid-19, o número de participantes no funeral será limitado, entretanto a cerimônia será transmitida ao vivo através do site da Diocese de Regensburg e por sua página no Facebook.

Eventos de despedida

Estão sendo preparados alguns eventos de despedida que ocorrerão antes do funeral do irmão do Papa. O primeiro deles acontecerá às 15h deste domingo, 5 de julho, na Catedral de Regensburg, no qual um coro de 220 membros fará uma apresentação musical.

Já às 19h da próxima segunda-feira, 6 de julho, será realizada uma oração por Monsenhor Georg Ratzinger, enquanto na terça-feira, 7, os fiéis poderão se despedir dele das 10h às 18h. Os fiéis que quiserem expressar suas condolências poderão fazê-lo de qualquer lugar do mundo através um livro virtual de condolências disponibilizado pela Diocese e que pode ser acessado clicando aqui.

Mensagem do Papa Francisco

O Papa Francisco escreveu uma carta ao Papa Emérito Bento XVI, manifestando seu pesar pela morte de Monsenhor Georg Ratzinger. “Desejo renovar-lhe a expressão de minhas sinceras condolências e proximidade espiritual neste momento de dor”, afirmou o Pontífice.

Os irmãos Ratzinger se encontraram pela última vez entre os dias 18 e 21 de junho, quando Bento XVI deixou seu retiro no mosteiro Mater Ecclesiae no Vaticano para visitar seu irmão já gravemente enfermo. Essa foi a primeira viagem fora da Itália realizada por Bento XVI desde que apresentou sua renúncia ao pontificado. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas