Gaudium news > Cristãos na Nigéria têm 10 vezes mais chances de serem mortos do que muçulmanos

Cristãos na Nigéria têm 10 vezes mais chances de serem mortos do que muçulmanos

Os cristãos estão sendo desproporcionalmente visados ​​apenas por causa de sua Fé em Cristo.

Nigéria – Abuja (10/08/2022 13:01, Gaudium Press) Uma pesquisa realizada pelo Observatório para a Liberdade Religiosa na África (ORFA) revelou que os cristãos têm 10 vezes mais chances de serem mortos por insurgentes do que os muçulmanos no país da África Ocidental.

Aumento de 20% no número de ataques fatais

De acordo com dados apresentados pela ORFA, entre outubro de 2019 e setembro de 2020, o número de cristãos mortos em ataques jihadistas na Nigéria foi 9,6 vezes maior do que o número de muçulmanos.

Além disso, entre 2019 e 2020, os cristãos tiveram 59 vezes mais chances de serem sequestrados por militantes islâmicos como o Boko Haram do que os muçulmanos. Em termos de ataques fatais entre 2020 e 2021, houve um aumento de 20%.

Violência de natureza religiosa

Segundo o Dr. David Landrum, Diretor de Advocacia da Open Doors Reino Unido e Irlanda, os cristãos estão sendo desproporcionalmente visados ​​apenas por causa de sua Fé em Cristo. “A proporção é amplificada pelo fato de que no cinturão norte e central, onde a maioria dos ataques são realizados, os cristãos são uma minoria”, assegurou.

Para o Dr. Landrum, apesar desta violência ser de natureza religiosa, dificilmente ela será reconhecida pelos autoridades federais, pois uma boa maioria é constituída por muçulmanos. Além disso, países como a Grã-Bretanha são acusados de negar a natureza religiosa dos ataques para proteger seus laços comerciais e por medo de represálias. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas