Gaudium news > Coronavírus: um homem de cento e um anos vence a morte

Coronavírus: um homem de cento e um anos vence a morte

Um avô de cento e um anos, após uma semana em um hospital, de Rimini, venceu o coronavírus.

Itália – Rimini (Sexta-feira, 27-03-2020, Gaudium Press) O paciente de cento e um anos de idade é da cidade de Rimini, na Itália, e recebeu alta do hospital onde havia sido internado. A vice-perfeita Glória Lisi foi a portadora da feliz notícia, para os meios de comunicação.

Seu nome não foi divulgado, mas o vencedor nasceu em 1919. Ele permaneceu hospitalizado durante uma semana. Testemunhas disseram que o centenário lutou como um leão contra a doença.

O corpo clínico do hospital, médicos e enfermeiros, saíram fortificados e gratificados pelo ocorrido. Nosso bom homem tornou-se “história”.

Afirmou a vice-prefeita Lisi, que seu restabelecimento é uma esperança para todos. A resistência da vida, em um corpo fustigado, pela longa existência de mais de cem anos acabou vencendo.  Porque isso  contraria as tristes crônicas de todos os dias, quando um vírus assola sobretudo os idosos, concluiu.

A vida e a morte estão nas mãos de Deus! É o diálogo do Criador com a criatura e lembra-nos as palavras do Papa Emérito Bento XVI, quando esteve em Rimini em agosto de 2012: “a natureza do homem é a relação com o infinito” [isso] significa então dizer que toda pessoa foi criada para que possa entrar em diálogo com Deus, com o Infinito”.  Sim, estamos nas mãos de Deus! (PJS)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas