Gaudium news > Consagração da Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria

Consagração da Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria

O Papa convidou os bispos de todo o mundo e seus sacerdotes a se unirem com ele nesta consagração.

Rio de Janeiro (24/03/2022 10:04, Gaudium Press) O Papa Francisco na festa da Anunciação do Senhor vai consagrar a humanidade, em especial, a Rússia e a Ucrânia ao Imaculado Coração de Nossa Senhora. É uma maneira de pedir que Nossa Senhora proteja o povo e lhes dê a paz. O Papa Francisco irá proferir a oração da consagração na sexta-feira à tarde no Vaticano, na Basílica de São Pedro. As Igrejas do mundo inteiro também estão convidadas a se unirem ao Papa em oração nesse momento e, inclusive, a tocarem os sinos das Igrejas por três minutos, pedindo a paz.

Celebrações na Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro

Aqui, em nossa Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro, irei presidir, às 12h, a Missa no Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, no Recreio, réplica da Capela das Aparições no Rio de Janeiro seguida pelo acompanhamento (às 13 horas) da Consagração da Rússia e da Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria realizada pelo Papa através das mídias que serão reproduzidas no telão do Santuário. Além desse momento terei outras duas oportunidades de renovar essa consagração, sendo a última à noite na Capela do Santuário do Cristo Redentor.

Na última sexta-feira, o Papa convidou os bispos de todo o mundo e seus sacerdotes a se unirem com ele nesse momento. Isso foi um pedido de Nossa Senhora de Fátima, em uma das suas aparições. Essa guerra entre a Ucrânia e a Rússia já perdura há um mês e, infelizmente, não termina. Por isso, o Papa, além dos apelos e das movimentações diplomáticas tomou essa iniciativa de entregar ao Imaculado Coração de Maria esses dois povos, para que por intercessão de Maria, eles possam selar a paz.

A oração completa a reflexão, abre a nossa vida para seu verdadeiro horizonte. Sem ela, o mundo é estreito e somos dominados por seus apelos e por suas tragédias.

24 horas para o Senhor: momento oportuno de oração para pedir a paz

Na sexta-feira inicia, também, as 24 horas para o Senhor (Por meio de Cristo temos o perdão (cfr. Col 1, 13-14), momento oportuno de oração para pedir a paz na oração, na adoração e na celebração penitencial. Pedir a conversão do coração, sobretudo, daqueles que governam as nações, para que de uma vez por todas possam fazer um acordo para selar a paz. Que Maria alcance do seu Filho a paz que o mundo precisa. Depois de dois anos de pandemia, em que muitas pessoas morreram, o que menos se esperava da humanidade nesse momento era uma guerra. Isso mostra que a humanidade não aprendeu nada com a pandemia. Mas ainda há tempo de converter. Estamos no tempo propício para a conversão, que é a Quaresma. Que por intercessão do Imaculado Coração de Maria, os povos possam se converter, deixar a guerra de lado e celebrar a Páscoa na verdadeira paz que vem de Deus.

Foi na aparição dia 13 de julho de 1917, em Fátima, que Nossa Senhora havia pedido a consagração da Rússia ao seu Imaculado Coração. Nossa Senhora, na ocasião, afirmou que se isso não fosse feito, a Rússia espalharia os seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições contra a Igreja. Os bons seriam martirizados e o Papa sofreria muito, várias nações seriam destruídas.

Atos de consagração ao Imaculado Coração de Maria

Após as aparições de Fátima, houve vários atos de consagração ao Imaculado Coração de Maria. O Papa Pio XII consagrou o mundo inteiro em 31 de outubro de 1942, por ocasião da segunda guerra mundial, que estava em curso. Depois, em 07 de julho de 1952, consagrou, especificamente, a Rússia ao Imaculado Coração de Maria com a Carta Apostólica “Sacro vergente anno”, diante da difícil situação dos cristãos forçados a viver como ateus.

Os Papas Paulo VI, em 1964 e João Paulo II, em, 1981, 1982 e 1984, renovaram essa consagração a toda humanidade. Em 1984, o Papa João Paulo II lembrou do pedido de Nossa Senhora de Fátima e, em união com os bispos do mundo inteiro, confiou os povos do mundo inteiro ao Imaculado Coração de Maria.

O terceiro segredo de Fátima

Em junho de 2000, quando a Santa Sé revelou o terceiro segredo de Fátima, o então Secretário para a Doutrina da Fé, Arcebispo Dom Tarcísio Bertone, SDB, salientou que Irmã Lúcia lhe confirmou que a consagração feita pelo Papa João Paulo II, em 1984, correspondia ao pedido de Nossa Senhora.

Por isso, no próximo dia 25 de março, o Papa Francisco consagrará a Rússia junto com a Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria, em comunhão com os bispos de todo o mundo. O Papa Francisco seguirá o que já foi feito por seus antecessores, na tentativa de pedir o fim da guerra na Ucrânia e que todos os povos se convertam ao Sagrado Coração de Nossa Senhora.

O Imaculado Coração de Maria triunfará

Nossa Senhora dizia aos pastorzinhos, na ocasião de sua aparição, que o seu Imaculado Coração triunfará. Através dessas palavras, se nutre a esperança de uma paz em meio à guerra. Por isso, essas palavras serão ditas novamente na sexta-feira, na esperança de que em meio aos estrondos da guerra, se alcance a paz.

Nos dias de hoje, a guerra que mais chama a atenção é a da Rússia e da Ucrânia, mas existem muitas outras que estão esquecidas, devido ao foco estar centrado nas duas nações. Tantas guerras que acontecem no dia a dia de nossas cidades, por meio da violência, grupos paramilitares que subtraem a presença do Estado, assaltos e mortes de inocentes. Mesmo nessa guerra da Rússia com a Ucrânia, quantos inocentes que já não morreram. As guerras causam sofrimento e devastação em todos os lugares. Não podemos assistir calados a bombardeios em hospitais e casas de idosos.

Uma oração pequena e silenciosa pode causar grandes efeitos

Muitos estão rezando pela paz, a oração nunca é demais, uma oração pequena e silenciosa pode causar grandes efeitos. Uma oração feita de coração e com fé pode mudar o coração de quem a ouve. O amor de Deus cura o ódio, por meio do Espírito Santo. O Espírito Santo faz novas todas as coisas e, por meio dele, poderemos chegar a paz almejada.

Unamo-nos em oração junto com o Papa Francisco e com os bispos nesta sexta-feira e peçamos ao Espírito Santo que transforme o coração das pessoas. Que a Virgem Maria acolha a oração de todos os povos em seu grande coração. Aproveitemos que essa sexta-feira é dedicada às 24 horas para o Senhor e coloquemos como intenção principal a paz no mundo. Amém.

Por Cardeal Orani João Tempesta, O. Cist. – Arcebispo Metropolitano de São Sebastião do Rio de Janeiro, RJ

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas