Gaudium news > CNBB promove recitação do terço pelo fim da propagação do Coronavírus

CNBB promove recitação do terço pelo fim da propagação do Coronavírus

Redação (Quarta-feira, 18-03-2020, Gaudium Press) A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) convocou os fiéis católicos do país para que se unam nesta quarta-feira, 18 de março, em uma iniciativa de oração pelo fim da propagação do coronavírus COVID-19.

O convite feito pela presidência da CNBB, juntamente com religiosos e leigos convidados, é para que se reze o Terço da Esperança e da Solidariedade, que será iniciado 15h30 (horário de Brasília).

Em seu website, a CNBB explica que, com esta iniciativa, “busca elevar os corações ao Deus da Vida, no acolhimento de sua Palavra, fortalecendo a Fé, a esperança e a união”.

Cada membro da presidência da CNBB rezará um mistério do terço, que será transmitido ao vivo através de emissoras de televisão e rádio católicas e também pela página do Facebook e Youtube da Conferência dos Bispos do Brasil.

Em seu website, a CNBB explica que, com esta iniciativa, “busca elevar os corações ao Deus da Vida, no acolhimento de sua Palavra, fortalecendo a Fé, a esperança e a união”.

No último sábado, 14 de março, os Bispos do Brasil divulgaram uma nota na qual informaram que as recomendações de cuidado contra a propagação do coronavírus estão sendo emitidas pelas Dioceses, solicitando que os fiéis atendam às orientações dos especialistas de saúde e autoridades competentes.

Tais orientações “requerem ser acompanhadas de muita oração elevando nossos corações ao Deus da Vida, no acolhimento de sua Palavra e por uma vivência de renúncias neste tempo quaresmal. Em momentos difíceis e delicados como este, mais fortes devem ser nossa Fé, esperança e união”.

A mensagem ainda pede para que os fiéis rezem “pelo mundo inteiro, em especial pelas vítimas e pelos profissionais que incansavelmente trabalham por uma solução”.

“Conscientes de que as restrições ao convívio não durarão para sempre, aprendamos a valorizar a fraternidade, tornando-nos ainda mais desejosos de, passada a pandemia, podermos estar juntos, celebrando a vida, a saúde, a concórdia e a paz”, conclui a nota. (EPC)

Deixe seu comentário

Noticias Relacionadas