Gaudium news > Claretianos celebram jubileu de ouro na Índia

Claretianos celebram jubileu de ouro na Índia

Hoje mais do que nunca, é possível dizer que o espírito e a alma da Igreja indiana está radicado dentro dos claretianos.

Índia – Nova Delhi (16/07/2020 16:00, Gaudium Press) Os Missionários Filhos do Coração Imaculado de Maria, mais conhecidos como Claretianos, estão celebrando seu jubileu de ouro na Índia, onde a congregação chegou há 50 anos.

Claretianos na Índia

Nascida na Espanha, no dia 16 de julho de 1849, a congregação se desenvolveu e difundiu na Europa, nas Américas, na África e na Ásia. A província missionária alemã foi a responsável por levar a atividade missionária até a Índia, entretanto, atualmente é a Índia que envia sacerdotes para a Alemanha e para toda a Europa.

Hoje mais do que nunca, é possível dizer que o espírito e a alma da Igreja indiana está radicado dentro dos claretianos. Dos seus três mil membros sacerdotes, 588 são de origem indiana. Além disso, o atual superior geral dos claretianos é um indiano, Padre Mathew Vattamattom.

Ano jubilar

Segundo o Padre Jojo Mannoor, responsável da congregação em Kerala, os 50 anos da fundação representam “uma ocasião de renovação para a Igreja e para seus membros”. Os claretianos na Índia seguem ativos na pastoral juvenil, no social, na educação, na caridade e nos serviços sanitários para os mais pobres.

Desde o início do ano jubilar “todas nossas três província e as duas delegações na Índia, em um total de 82 casas, estão se concentrando sobre a renovação do carisma espiritual da congregação e sobre as atividades missionárias de grande envergadura no país”.

Rito oriental

Um dos pontos que diferencia os claretianos das outras congregações em Kerala é o de, desde 1969, seguir o rito oriental Siro-Malabar, atendendo o pedido do então Bispo de Palai, Dom Sebastian Vayalil, que na época convidou os sacerdotes para evangelizarem a região.

O carisma missionário se difundiu em várias regiões do país, das quais se destacam Tamil Nadu e Andhra Pradesh no sul da Índia e Meghalaya, Bengala Ocidental, Odisha e Arunachal Pradesh. Após 50 anos, a congregação já se difundiu por 18 Estados do país com o propósito de anunciar o Evangelho. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas