Gaudium news > Círio de Nazaré 2020 não terá a tradicional procissão com a imagem da padroeira

Círio de Nazaré 2020 não terá a tradicional procissão com a imagem da padroeira

Essa será a primeira vez na história que os devotos de Nossa Senhora de Nazaré não terão a oportunidade de acompanhar as romarias do Círio de forma presencial.

Belém – Pará (07/08/2020 09:00, Gaudium Press) A Arquidiocese de Belém do Pará anunciou na noite da última quinta-feira, 06, o cancelamento das procissões da 228ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

A medida foi tomada após parecer de uma comissão de médicos especialmente constituída para assessorar a Diretoria do Círio de Nazaré. A produção do documento contou com a coleta de dados, estudos técnicos e projeções estatísticas, tendo em consideração as normas vigentes e as medidas preventivas necessárias, a fim de se evitar possíveis riscos à saúde pública.

Primeira vez na história

Essa será a primeira vez na história que os devotos de Nossa Senhora de Nazaré não terão a oportunidade de acompanhar as romarias do Círio de forma presencial. Segundo a diretoria da Festa, devido à pandemia do novo coronavírus, a programação deste ano de 2020 será restrita e transmitida através dos seguintes meios de comunicação: TV Nazaré (Canal 30.1), Rádio Nazaré (91,3 FM), canal do Youtube da Fundação Nazaré de Comunicação, Facebook da Arquidiocese de Belém do Pará e o Facebook da Fundação Nazaré de Comunicação.

“Nós optamos por fazer o Círio, do jeito que for possível e com a compreensão, colaboração e participação de todos! Mesmo com muita dor no coração, cabe-me dizer que não poderemos fazer tudo de acordo com nossos costumes e nossa linda tradição! Sabemos que não será possível ter a multidão pelas ruas do jeito que gostamos e é próprio do povo paraense”, lamentou Dom Alberto Taveira Corrêa, Arcebispo Metropolitano de Belém.

Um dos maiores simbolismos da Fé do povo paraense

Normalmente durante o período da festa são realizadas treze procissões, a maior delas costuma ocorrer no segundo domingo de outubro, reunindo por volta de dois milhões de devotos em um dos maiores simbolismos da Fé do povo paraense.

 

“Um Círio diferente, tarefa de todos nós, cristãos católicos que o assumimos como missão, dando exemplo a todos de que somos capazes de abraçar também as cruzes e limitações que nos vieram durante este período!”, concluiu o prelado.

Programação

Confira abaixo a programação completa da 228ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré:

Dia 9 de outubro (Sexta-feira)

18h – Missa na Basílica-Santuário, celebrada por Dom Alberto Taveira Corrêa;
09h – Apresentação do Manto de Nossa Senhora de Nazaré 2020;
19h30 – Live Musical – Grupo Ama, na Basílica-Santuário.

Dia 10 de outubro (Sábado)

09h30 – Pregação na Basílica-Santuário, pelo Padre João Paulo Dantas;
11h30 – Descida da Imagem Original;
17h – Missa na Capela do Colégio Gentil Bittencourt;
18h – Exibição do documentário “Plácido”;
18h30 – Exibição de documentário com grandes momentos da Trasladação;
19h – Live Musical com transmissão ao vivo da decoração da Berlinda;
20h30 – Queima de fogos (balsa no Rio Guamá), às proximidades da Catedral da Sé;
20h45 – Bênção do Cônego Roberto Cavalli.

Dia 11 de outubro (Domingo)

07h – Missa na Catedral, celebrada por Dom Alberto Taveira Corrêa;
08h – Início da programação televisiva (documentários, entrevistas, grandes momentos do Círio, Círios antigos, testemunhos de Fé e conversão, sobrevoo da Imagem Peregrina sobre hospitais da cidade, etc.);
10h – Terço Mariano, com Dom Alberto Taveira Corrêa;
10h30 – Sequência da programação televisiva;
11h30 – Missa de Encerramento do Círio 2020, celebrada por Dom Antonio de Assis Ribeiro, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Belém;
12h30 – Encerramento da programação.

12 a 25/10/2020 (Quinzena Mariana)

05h15 – Terço da Alvorada – Basílica-Santuário;
08h – Visitação da Imagem Peregrina à hospitais na Região Metropolitana;
12h – Exposição da Imagem Peregrina no Altar Central da Praça Santuário;
18h – Missas da Festividade – Basílica-Santuário;
21h – Encerramento da visitação. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas