Gaudium news > Bispos poloneses renovam consagração do país ao Sagrado Coração de Jesus

Bispos poloneses renovam consagração do país ao Sagrado Coração de Jesus

A cerimônia foi presidida por Dom Stanislaw Gadecki, Presidente da Conferência dos Bispos Católicos Poloneses e Arcebispo de Poznań.

Polônia – Cracóvia (14/06/2021 15:13, Gaudium Press) Na última sexta-feira, 11 de junho, os Bispos da Polônia renovaram em Cracóvia a consagração do país ao Sagrado Coração de Jesus, que completou 100 anos.

A cerimônia foi presidida por Dom Stanislaw Gadecki, Presidente da Conferência dos Bispos Católicos Poloneses e Arcebispo de Poznań. Estiveram presentes os Bispos que, reunidos na Arquidiocese de Cracóvia, participaram da 389ª sessão plenária da Conferência Episcopal.

Agradecimento, perdão e fortalecimento da Fé

Segundo Dom Gadecki, o ato de consagração foi constituído por três partes: agradecer a Jesus por sua proteção e o dom da liberdade; pedir perdão pelos pecados cometidos; e um pedido de fortalecimento da Fé e do amor em nossos dias. “É necessário fidelidade e continuidade, uma profissão de fé renovada nesta declaração, para que possamos retribuir mais o nosso amor pelo amor do Senhor Jesus”, frisou.

Referindo-se a um vitral da Basílica do Sagrado Coração de Jesus, o Arcebispo Gadecki afirmou que os católicos devem ver ali “um chamado para fazer do Coração de Deus o centro do universo. O novo ato é um grande impulso para recordar esta verdade, que deve estar presente na vida de cada cristão”.

Consagração da Polônia ao Sagrado Coração de Jesus

No dia 27 de julho de 1920, a Conferência Episcopal da Polônia implorou a ajuda de Deus diante do avanço do Exército Vermelho e consagrou o país ao Sagrado Coração de Jesus.

“No momento em que nuvens escuras encobrem nossa pátria e nossa Igreja, clamamos como teus discípulos surpreendidos por uma tempestade no mar: Senhor, salva-nos, porque estamos morrendo”, diz um trecho da invocação feita na ocasião.

Apesar da inferioridade numérica, no mês seguinte, o exército polonês conseguiu derrotar as Forças Armadas russas, conquistando uma vitória militar que entrou para a história como “O milagre do Vístula”, inspirada no nome do rio polonês, palco da batalha. (EPC)

Deixe seu comentário

Notícias Relacionadas